Matheus Melo

Série D: Raposa faz 1 a 1 com Atlético-CE em semi fora de casa

Jogando fora de casa, a Raposa começou a partida atrás no placar, empatou e ainda teve um pênalti defendido por Mauro Iguatu para garantir a igualdade em 1 a 1. Com o resultado, a vaga na final segue aberta. A decisão acontece no próximo sábado (30), no estádio Amigão, em Campina Grande, às 16h. O vencedor segue na disputa pelo título contra ABC ou Aparecidense.

Trabalho híbrido pode piorar qualidade do sono, diz pesquisador

Além de quebrar a rotina do horário de dormir e acordar, o trabalho híbrido pode estragar a qualidade do sono pelo fato de que trabalhando em sistema remoto, as pessoas dividem seu tempo em casa entre trabalho, estudos dos filhos e rotina doméstica, dividindo a jornada de oito horas ao longo do dia para conseguir realizar todas as tarefas, hábito já observado no período da pandemia, quando o trabalho estava sendo desenvolvido só remotamente. “E as empresas flexibilizaram o trabalho que não tiveram mais receio de mandar um e-mail à meia-noite, esperando resposta”, disse o biomédico e pesquisador do Instituto do Sono, Gabriel Natan Pires. De acordo com ele, para manter uma boa qualidade do sono, o indivíduo precisa seguir uma rotina com horários determinados para lazer, trabalho, alimentação e descanso e não seguir esses hábitos pode resultar até mesmo em reflexos negativos para o sistema imunológico. “É como se o nosso cérebro precisasse de pistas para entender quando chega hora de dormir e a hora de acordar”, comenta. Segundo Pires, nos dias de home office, o trabalhador pode até dormir um pouco mais porque não precisará enfrentar o trânsito para chegar ao trabalho, mas é importante que inicie e encerre o expediente nos mesmos horários. “Esse esquema dará certo se a corporação zelar pela saúde mental do colaborador e o profissional não abrir mão do seu sono para aumentar a produtividade. Mesmo porque é uma utopia trabalhar até as 23 horas e achar que às 23h05 estará dormindo”.

Paraíba confirma mais 184 casos de Covid, 5 mortes e 23% de ocupação UTI

Entre os novos casos confirmados, 13 (7,07%) são moderados ou graves e 171 (92,93 %) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 444.752 casos da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Também foram registrados 5 novos óbitos desde a última atualização, sendo quatro ocorridos nas últimas 24h. As mortes registradas neste boletim aconteceram entre os dias 19 e 22 de outubro, dois em hospitais privados e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 9.391 mortes. O boletim registra ainda um total de 337.695 pacientes recuperados da doença.

Inscrições para 2ª fase da Lei Aldir Blanc na PB encerram na terça (26)

Encerra-se na terça-feira (26) o prazo de inscrições em quatro editais de premiação da 2ª fase da Lei Aldir Blanc na Paraíba. Foram 45 dias corridos desde o lançamento pela Secretaria de Estado da Cultura (SecultPB). As inscrições podem ser feitas até as 23h59 da terça-feira. Nesta fase, a LAB PB lançou cinco editais, um deles de credenciamento, o ‘Corrinha Mendes’, que já foi encerrado. Ele prevê 560 credenciamentos para apresentações, exibições e ações formativas na internet. Após a análise preliminar, 1.705 inscrições foram consideradas várias e o edital está em fase recursal.

Rodrigo Pacheco é anunciado pelo PSD como candidato à Presidência

"Rodrigo Pacheco, o PSD e seus novos companheiros estão prontos para abraçar o seu projeto, para abraçar as suas propostas, para caminhar ao seu lado, não apenas para ser candidato na sua campanha, mas para que você seja um grande presidente da República, você tem todas as condições de vencer", disse o presidente nacional do partido, Gilberto Kassab. O anúncio aconteceu durante evento do PSD, no Rio de Janeiro. As portas do PSD estão abertas há pelo menos seis meses para Pacheco. O objetivo é que o presidente do Senado lidere um projeto presidencial dentro da chamada terceira via. Kassab aproveitou o espaço para descarregar elogios ao candidato da sigla. Segundo ele, o Pacheco "é um ser humano generoso, qualificado, preparado e que, nos últimos anos, mostrou que tem talento para a vida pública".

Bolsonaro veio do esgoto da história, diz Wagner Moura, que agora lança ‘Marighella’

Originalmente, a previsão era que ele chegasse ao público há dois anos, mas a pandemia e um imbróglio envolvendo a Ancine, a Agência Nacional do Cinema, impossibilitaram o lançamento em ao menos duas ocasiões anteriores. Segundo Moura, "Marighella" foi censurado pelo órgão por ser uma biografia de Carlos Marighella, guerrilheiro comunista que lutou contra a ditadura militar. "As negativas da Ancine para o lançamento e, depois, o arquivamento dos nossos pedidos não têm explicação. E isso veio numa época em que o Bolsonaro falava publicamente sobre filtragem na agência", diz ele, em conversa por vídeo, na manhã seguinte à sua volta ao Brasil para a campanha de estreia do longa. Com Seu Jorge na pele do guerrilheiro e escritor, "Marighella" também tem Bruno Gagliasso, Adriana Esteves e Humberto Carrão no elenco e foi exibido no Festival de Berlim de 2019, onde foi aplaudido. Nem assim ganhou força para chegar logo às salas brasileiras. Moura acredita que a resistência que o filme encontrou, vinda também de parte do público, é sintomática dos tempos atuais, de ânimos políticos exaltados e um governo federal que com frequência ataca a cultura. "Qualquer obra é a conjunção do que um realizador pensa e projeta com o tempo em que aquela obra é vista", diz o ator-diretor. "A polêmica de 'Marighella' é muito menos sobre o Carlos Marighella e a luta armada do que sobre o governo Bolsonaro. É um filme sobre um personagem histórico, de seu tempo; Bolsonaro que é um personagem anacrônico."

Psicogeriatra alerta sobre o impacto do luto na saúde mental de idosos

Muitas famílias enfrentam o luto após a perda de entes queridos. O momento é um período difícil para todos, mas pode ser especialmente duro para idosos. Segundo André Gordilho, psiquiatra, psicogeriatra, mestre em Medicina e Saúde Humana da Holiste Psiquiatria, muitas vezes as pessoas na terceira idade desenvolvem sintomas depressivos que podem se estender pela dificuldade em processar e ressignificar a perda. Neste momento, o apoio e a presença familiar são essenciais para que a dor da perda não coloque em risco a saúde física e emocional do indivíduo. “O luto é caracterizado por sintomas de adaptação associados à perda de algo ou alguém importante para a pessoa. Na terceira idade, pode ser muito mais complicado redefinir a perda devido a alguns fatores, como a possibilidade de múltiplas perdas reais e simbólicas, muitas vezes de forma concomitante. Além disso, há o enfrentamento da própria finitude”, explica.

Bombeiro usa vídeo da Galinha Pintadinha para acalmar criança presa em um carro

Para liberar o garoto do carro, os bombeiros acionaram um chaveiro, mas a criança ficou agitada e começou a chorar. Foi quando o soldado Vanderlei Freitas sacou o celular e colocou os vídeos da Galinha Pintadinha para o menino assistir através do vidro do veículo. "Tentamos estabilizar, conversando, colocando desenho, até acionar um chaveiro", disse o agente ao portal Só Notícias. A mãe da criança afirmou que estava cozinhando quando o filho pegou a chave do carro. Ela tentou ligar para um chaveiro antes de acionar os Bombeiros, mas o profissional disse que não poderia atender a ocorrência.

UFPB realiza consulta pública com estudantes sobre o próximo período letivo

A pró-reitora de Graduação, Profª Silvana Maciel, ressalta a importância da contribuição discente nessa etapa de planejamento que deve definir os próximos passos da UFPB. “A pesquisa tem como objetivo conhecer um pouco a opinião de alunos sobre o período atual, mas, sobretudo, fazer um planejamento acerca do período 2021.2. A PRG já vem consultando diretores, coordenadores e assessores de centros da UFPB, e avaliou que também seria importante a consulta aos discentes”, disse a pró-reitora. Até agora, já foram contabilizadas 9 mil participações de alunos que responderam ao questionário. A Profª. Silvana reforçou a necessidade da participação de mais estudantes para que se possa conhecer todas suas demandas e necessidades. “Peço que todos os estudantes participem. É um questionário breve que pode ser respondido rapidamente". As definições sobre o período 2021.2 serão realizadas no Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), órgão deliberativo superior da universidade em matéria de natureza acadêmica. O próximo período está previsto para iniciar em fevereiro de 2022.

Campinense e Atlético-CE fazem duelo rubro-negro na semi da Série D

Após quebrar um jejum de 10 anos para garantir o retorno à Série C do ano que vem, o Campinense entra em campo determinado a seguir na briga para levantar a taça da Série D. No último treino nesta sexta (22), o técnico Ranielle Ribeiro testou modificações no elenco, para contornar a ausência do volante Rafinha e dos atacantes Marcos Nunes e Fábio Lima, todos lesionados. A probabilidade é de que Sérgio Paulista, Anselmo e Matheus Regis sejam os substitutos, nas respectivas posições. Assim como nos embates das quartas de final, os jogos das semifinais e a final da Série D também contarão com o recurso do árbitro de vídeo (VAR).

About Me

3284 POSTS
0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -

Latest News

Operadoras de internet dizem à CPI que muitas reclamações são causadas por “desconhecimento” de consumidores

Paulo César Alves, gerente da área de atendimento ao cliente, ouvidoria, gestão de reclamações e Call Center da BrisaNet; Marcelo Ricardo, técnico responsável da Online Telecom; e Nieremberg Ramos, consultor em telecomunicações da BR 27 garantiram que os preços ao consumidor não sofreram reajustes nos últimos anos. “Na questão dos preços, a gente só diminui os valores, não consegue aumentar, por causa da concorrência. Precisamos batalhar para entregar mais velocidade pelo mesmo valor”, disse Marcelo Ricardo. Os três representantes alegaram que as informações contratuais são fornecidas de forma clara aos clientes, e que muitas reclamações surgem pelo fato dos consumidores desconhecerem a complexidade do serviço. “O cliente precisa ter consciência do serviço que está sendo contratado, falta esse letramento digital. Muitas vezes é o conteúdo que está sendo acessado que está fora do ar e o provedor acaba levando a culpa. É muito importante que se faça essa discussão para que todos tenham conhecimento sobre o tema”, afirmou Nieremberg Ramos. “Para o consumidor ter acesso a 100% da qualidade do serviço, ele precisa usar em um único equipamento, cabeado. O teste de velocidade só é eficaz se for feito nessas condições. Se o consumidor usa o wifi, ou muitos equipamentos, a velocidade é reduzida”, complementou Paulo César Alves. A proximidade com o consumidor final para solução de conflitos foi apontada como uma vantagem das operadoras de pequeno porte pelos representantes das empresas ouvidas. “Na BrisaNet optamos por não terceirizar serviços para termos total controle de todo o processo. Temos canais para explicar, tentar resolver e, se for necessário, enviar um técnico à casa do cliente sem custo adicional”, afirmou o gerente da empresa.
- Advertisement -

João Pessoa segue aplicando 1ª, 2ª e 3ª dose contra covid-19 nesta terça; veja grupos

Para receber a primeira dose da vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2 e D3 é necessário o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto, além de comprovação documental para trabalhadores de saúde e imunossuprimidos. Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias atingidas pelos efeitos da pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Defensoria Pública retoma serviços presenciais em Núcleos de Atendimento

As unidades regionais de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras e Guarabira já estão atendendo presencialmente, mas não excluíram o atendimento por chat e WhatsApp. O retorno é gradual, limitado e segue os protocolos de segurança contra a covid-19. A reabertura não inclui as Salas de Atendimento da DPE-PB que funcionam dentro dos fóruns. Nas comarcas, o atendimento continua remoto, assim como o Fórum de Mangabeira, que atende a população de João Pessoa que reside nos bairros da zona Sul. O defensor público-geral da DPE, Ricardo Barros, explica que o atendimento já vem acontecendo há algumas semanas de forma experimental e que o uso do Chat e aplicativo de mensagem deverá fazer parte da nova rotina de atendimento da DPE-PB. "Para evitar aglomerações nas nossas unidades, os assistidos podem continuar usando os meios virtuais. O Chat continua disponível no nosso site, assim como a lista de contatos de WhatsApp utilizados na pandemia. Esses canais de comunicação que surgiram na pandemia vieram para ficar e não serão desativados com o retorno das atividades presenciais", adiantou.

Conde promove Dia D do Outubro Rosa nesta terça-feira

Entre as 8h e as 15h desta terça-feira, o Ginásio da Praça Central da cidade estará aberto para receber população feminina condense com palestras educativas e a disponibilização de diversos serviços. Serão realizados atendimento médico, psicológico, ginecológico, obstétrico, assistência social (orientação para laqueadura), orientação nutricional, acupuntura, Beta HCG, tipagem sanguínea, teste de covid e massagens, além de exposições educativas para mulheres. “Durante este mês de outubro, a Secretaria de Saúde tem percorrido o município levando ações educativas sobre a prevenção ao câncer de mama, do colo e do útero, e sobre outros tipos de doenças que acometem as mulheres com mais frequência”, explicou a secretaria de Saúde, Vanessa Cintra.

Na Paraíba, Coletivo Online segue com mais de 400 vagas abertas para capacitação de jovens ao primeiro emprego

As inscrições são gratuitas e trazem como pré-requisitos: idade entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. O programa online distribui conteúdos por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, permitindo que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento. Ao longo da formação, os jovens terão acesso a temas como: plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e preparação para processos seletivos. Durante cinco semanas, os participantes recebem 11 videoaulas e atividades para testarem seus conhecimentos no próprio celular. Após a conclusão do curso, os jovens recebem certificado de conclusão e são direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo. A partir daí, eles estão aptos a concorrerem às vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.