Djamila Ribeiro receberá homenagem internacional pela atuação contra violência e desigualdade racial

A honraria do BET Awards é destinada a figuras públicas que defendem iniciativas em prol de mudanças sociais positivas

A ativista, filósofa e escritora brasileira Djamila Ribeiro será homenageada na edição deste ano do BET Awards, prêmio criado pela Black Entertainment Television para premiar artistas afro-americanos da música, atuação, esporte e outras áreas do entretenimento.

A honraria BET International Global Good Award reconhece figuras públicas que defendem iniciativas em prol de mudanças sociais positivas. Djamila Ribeiro é uma importante voz contemporânea em defesa dos negros e das mulheres.

Ela corajosamente denuncia a violência e a desigualdade social – principalmente contra negros e mulheres – tão características da sociedade brasileira. O seu livro Pequeno manual antirracista, que trata do racismo estrutural arraigado no Brasil, recebeu o prêmio Jabuti.

Leia Também

“Fico muito feliz pelo reconhecimento, sobretudo vindo de um canal internacional voltado para a cultura negra. Um prêmio a uma mulher preta brasileira reconhecida por seu trabalho intelectual, mas também por democratizar o acesso a epistemologias negras com seu trabalho editorial que, coletivamente, visibilizou narrativas fundamentais. Não é fácil, é uma longa caminhada, muitas vezes com percalços. Não é fácil ser uma mulher negra retinta nesse país, mas não trocaria minha jornada por nada. Viva Exu, viva Ogum e viva Oxóssi!” – comemorou Djamila Ribeiro nas redes sociais.

Ela não é a única representante do Brasil na premiação, o rapper Emicida também foi indicado para concorrer na categoria “Melhor Artista Internacional”.

O BET Awards será realizado em Los Angeles, nos Estados Unidos, no dia 27 de junho, às 20h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

Sebrae PB e prefeitura de São João do Tigre criam perfil socioeconômico e empresarial da cidade

De acordo com os dados apresentados pelo perfil socioeconômico e empresarial de São João do Tigre, o município conta com 56 empresas ativas, sendo 96% delas pequenos negócios, ou seja, microempreendedores individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte. Ainda conforme os dados, no município 56% das empresas formais são do setor do comércio, 20% dos serviços, 7% da indústria e 7% do agronegócio.

Dois anos e meio, seis concursos: obra de engenheiro

Ao anunciar o concurso da Fundação PB Saúde onde serão ofertadas 4.401 vagas para área médica e técnica, o governador enterra de vez o modelo de contratação através de organizações sociais, que até gerou bons resultados, mas desviaram recursos públicos como mostrou a operação Calvário. 

O pacote de Cícero e os reflexos políticos

Cícero era cobrado nos bastidores para apresentar algo do gênero, pois venceu a eleição, prometendo colocar a cidade no século XXI. Ao lançar o programa, mostra que se preparou nos últimos cinco meses arrumando a casa para promover os avanços esperados. 

Julian Lemos: Bolsonaro não é santo nem mito

Ele diz que o governo está afundando porque o presidente é um especialista em transformar amigo em inimigo: "Perder um Sérgio Mouro, que é um homem de bem, é um exemplo de que esse homem não tem nada de santo, nem mito", bradou o parlamentar.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#