João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 26.93ºC
IBOVESPA 128283.62
Euro 5.5547
Dólar 5.1287
Peso 0.0058
Yuan 0.7096
Agência Lupa desmente fake news sobre beijo entre crianças em escola na Paraíba
27/10/2022 / 07:56
Compartilhe:

É falso que beijo de meninas em escola na Paraíba foi promoção de “doutrina LGBT”, informou a Agência Lupa, especializada em checagem de fatos.

Nos últimos dias, circulou em redes sociais uma foto supostamente mostrando duas meninas se beijando na boca. A legenda que acompanha a imagem afirma que uma escola de educação infantil no município de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa, estaria promovendo “doutrina LGBT” com os estudantes.

“A informação analisada pela Lupa é falsa. A imagem registra uma gincana pedagógica que consistia em mostrar a afetividade nas convivências sociais. Após participarem de uma roda de conversa sobre a importância de não machucar os colegas com beliscões, puxões de cabelo e mordidas, os alunos retiravam um pirulito de um cartaz e entregavam a outro estudante com alguma demonstração de afeto”, destaca a agência.

Em nota enviada à agência pela diretora pedagógica Izabel Araújo, a Instituição Educacional Pequeno Príncipe informou que se trata de uma informação falsa propagada por pessoas mal intencionadas.

O advogado Francinaldo de Oliveira, que representa o estabelecimento de ensino, também esclareceu que a legenda da foto é enganosa. Segundo Oliveira, a imagem mostra um beijo no rosto entre as duas crianças, e o ângulo da foto foi interpretado de forma equivocada.

“Olha só, recentemente algumas pessoas pegaram uma foto de duas crianças inocentes tirada aqui no colégio na cidade de Cabedelo na Paraíba e interpretaram de uma forma errada. Isso nunca aconteceu nessa escola”, disse o Francinaldo a Lupa.

A foto com as duas crianças foi publicada no próprio perfil da instituição educacional. Um dos primeiros perfis que compartilharam a imagem associando o beijo no rosto a uma “doutrina LGBT” removeu a publicação e se retratou posteriormente.

O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo também republicou a checagem em suas redes sociais.