João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 22.48ºC
IBOVESPA 119630.44
Euro 5.8311
Dólar 5.441
Peso 0.006
Yuan 0.75
Moraes manda afastar Ibaneis Rocha do cargo de governador do Distrito Federal
09/01/2023 / 06:30
Compartilhe:

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou o afastamento de Ibaneis Rocha (MDB) do cargo de governador do Distrito Federal por um período de 90 dias. Ele também determinou a desocupação de todos os acampamentos montados nas imediações de quartéis do Exército pelo país.

Com o afastamento de Ibaneis Rocha, quem assume o cargo de governadora do DF é a vice, Celina Leão (PP).

As decisões atendem pedido do líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e da Advocacia-Geral da União (AGU). Elas acontecem horas após criminosos bolsonaristas invadirem e depredarem as sedes do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do STF, em Brasília, na tarde deste domingo. Mais cedo, o presidente Lula (PT) já havia decretado intervenção federal na segurança pública do DF, pasta que era chefiada pelo então secretário, Anderson Torres, ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro (PL). Anderson foi exonerado por Ibaneis neste domingo.

Ao menos 300 pessoas já foram presas desde o início dos ataques terroristas. Eles estão sendo encaminhados para os presídios da Papuda e da Colmeia, em Brasília.

Após os atos de vandalismo, Ibaneis chegou a gravar um vídeo pedindo desculpa ao presidente Lula e aos demais poderes. Entre as irregularidades apontados contra Ibaneis estão o fato de os terroristas terem sido escoltados por viaturas da Polícia Militar do Distrito Federal até os locais dos crimes. Também não foi apresentada, pela PM do Distrito Federal, a resistência exigida para a gravidade da situação, com abandono dos postos por parte de alguns policiais e ausência de providências cabíveis dos órgãos de segurança.