João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 27.27ºC
IBOVESPA 124474.36
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
ALPB aprova Projeto que cria Sala de Estabilização Sensorial para pessoa com TEA e TDAH
03/10/2023 / 16:54
Compartilhe:

A Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou o Projeto de Lei 663/2023, de autoria do presidente da Casa, deputado Adriano Galdino, que propõe a instalação e manutenção de Sala de Estabilização Sensorial em estabelecimentos públicos e privados destinada a pessoas neurodivergentes que possuam Transtorno do Espectro Autista, TDAH e outros transtornos de processamento sensorial.

Segundo a matéria, espaços fechados públicos e privados que possuam área bruta locável igual ou superior a 10.000 m², a exemplo de shopping centers, estádios de futebol, arenas esportivas, teatros e aeroportos deverão instalar ambiente preparados e funcionários capacitados lidar com pessoas no momento de crise, a exemplo de portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O presidente Adriano Galdino argumentou que o PL está embasado no princípio da dignidade da pessoa humana, previsto na Constituição Federal, que estabelece que todas as pessoas têm direito de ter sua “dignidade respeitada e protegida”. “Essas salas são concebidas com o objetivo de proporcionar um ambiente seguro e acolhedor, onde as pessoas possam se sentir mais calmas e se autorregular, buscando equilibro e adaptação adequada às demandas do ambiente”, afirmou.

Comissão de Orçamento

A Comissão de Orçamento, Fiscalização, Tributação e Transparência da Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou, durante reunião na manhã desta terça-feira (3) o Projeto de Lei 1.041/2023, também do Poder Executivo, que altera a Lei n° 9.973 sobre o Programa Abono Natalino para beneficiários do Bolsa Família. “Na gestão anterior do Governo Federal, o antigo programa Bolsa Família passou a ser denominado Programa Auxílio Brasil. Diante disso, alteramos a nossa lei. O atual governo Lula restabeleceu o Bolsa Família, por meio da Lei 14.601. Com isso, mais uma vez, será necessário alterar a nossa lei para fazer constar nela as vinculações ao Programa Bolsa Família”, explica o Governo do Estado no texto do Projeto.

O Programa Abono Natalino foi criado pela Lei 9.973/2013, com o objetivo de instituir um programa de segurança alimentar com a transferência de recursos financeiros, que possibilitem a complementação da renda das famílias em situação de extrema pobreza.

Participaram da reunião as deputadas Danielle do Vale, presidente da Comissão, Silvia Benjamin e Francisca Motta, e os deputados Tovar Correia Lima e Chico Mendes.