João Pessoa 27.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 33.36ºC
IBOVESPA 119582.93
Euro 5.7955
Dólar 5.3959
Peso 0.006
Yuan 0.7438
Aprenda como funciona uma clínica reabilitação alcoólatras
10/12/2022 / 17:23
Compartilhe:

Não há dúvida de que um dos piores problemas para qualquer pessoa é a existência de um vício e a clínica reabilitação alcoólatras, muitas vezes, é a única saída viável.

É verdade que há muitas pessoas que tentam acabar com o seu vício de forma autônoma, sem precisar ir para uma clínica reabilitação alcoólatras. Contudo, são poucas as vezes em que isso de fato funciona.

Na realidade, é comum que a família acabe sofrendo bastante quando um dependente recusa o acompanhamento em uma clínica reabilitação alcoólatras. Afinal, isso dificulta a sua libertação.

Um dos motivos para que alguns dependentes do álcool recusem uma clinica de recuperação sp é não saber exatamente como são as dinâmicas ali e quais são os tratamentos ofertados.

É por isso, inclusive, que vale a pena aprender mais sobre o que acontece em uma clínica reabilitação alcoólatras e, dessa forma, compreender que esse tipo de acompanhamento é primordial para quem tem um vício.

Consultas com psicólogos

Uma das coisas que integram o tratamento em clínica reabilitação alcoólatras é o acompanhamento com psicólogo. Afinal, é importante entender o que é o que o dependente esconde atrás do consumo da bebida.

Muitas vezes, a pessoa se torna alcoólatra porque viu alguma figura de referência, como os pais, desenvolvendo esse vício.

Também pode haver o uso do álcool para passar por situações como um término de casamento e a função da terapia com psicólogos que a clínica reabilitação alcoólatras oferece é mostrar ao dependente que há outras maneiras de elaborar a sua dor.

Levando em conta que, muitas vezes, a pessoa que tem um vício nem mesmo associa os seus sentimentos à bebida, é importante ter a orientação de um psicólogo.

Terapia ocupacional

O que foi falado acima, sobre haver outras formas de as pessoas elaborarem a sua dor, é mostrada na terapia ocupacional que os dependentes fazem na clínica reabilitação alcoólatras.

Essa terapia ocupacional pode envolver pintura de quadros, tocar instrumentos musicais, cozinhar, recitar poesia, etc.

A verdade é que muitos dependentes nem sabiam que tinham habilidade para certa tarefa e descobrem isso enquanto estão fazendo a terapia ocupacional.

Infelizmente, não dá para negar que há dependentes que recusam sim a participação nessas atividades, mas isso costuma acontecer mais frequentemente no começo do tratamento.

Após certo tempo, os dependentes acabam tendo o interesse despertado por alguma atividade ou até são influenciados por algum amigo que fazem.

Terapia com remédios

Não são todos os pacientes da clínica reabilitação alcoólatras que precisam do uso de medicações. De fato, isso ocorre mais quando o tratamento está na fase de abstinência, quando os dependentes sofrem muito com a ausência da bebida.

Considerando que os efeitos da abstinência são sentidos fisicamente, as medicações ajudam a aliviar o incômodo físico dos pacientes.

Além disso, quando a pessoa que está na clínica acaba indo ao alcoolismo por causa de uma ansiedade ou depressão, dentre outros problemas, o tratamento medicamentoso entra em cena, sempre com o direcionamento de um psiquiatra.

Visitas de pessoas queridas

Muita gente que, inicialmente, recusa-se a estar em uma clínica reabilitação alcoólatras acha que ficará isolada, sem que pessoas queridas possam visitá-la.

Isso não é verdade e o contato com amigos e familiares é parte indispensável do tratamento. Contudo, ao menos no começo, é recomendado não ter contato com pessoas que acompanhavam o alcoólatra nas suas bebidas porque isso pode ser um gatilho e ocasionar uma recaída.

Para esse tipo de contato, é importante que o dependente esteja um pouco mais fortalecido e que tenha condições de ver aquele indivíduo sem sentir vontade de beber.

Venha aprender mais sobre clínica reabilitação alcoólatras e seu funcionamento consultando agora mesmo os artigos do portal!