João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 24.59ºC
IBOVESPA 128293.61
Euro 5.9078
Dólar 5.4398
Peso 0.0059
Yuan 0.7495
ATENÇÃO: Inmet emite dois alertas e prevê mais chuvas intensas para João Pessoa
18/01/2023 / 16:13
Compartilhe:

Um alerta de acumulado de chuva e outro de perigo potencial de chuvas intensas foram emitidos, nesta quarta-feira (18), pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para João Pessoa e mais 48 municípios da Paraíba.

O aviso de acumulado de chuva vale até 20h desta quarta-feira. Já o de chuvas intensas, é válido até 10h da quinta-feira (19).

Confira os municípios com alerta de acumulado de chuva:

  • Alhandra
  • Baía da Traição
  • Bayeux
  • Caaporã
  • Cabedelo
  • Capim
  • Conde
  • Cruz do Espírito Santo
  • Cuité de Mamanguape
  • Curral de Cima
  • Itapororoca
  • Jacaraú
  • João Pessoa
  • Juripiranga
  • Lucena
  • Mamanguape
  • Marcação
  • Mataraca
  • Pedras de Fogo
  • Pitimbu
  • Rio Tinto
  • Santa Rita
  • São Miguel de Taipu
  • Sapé

 

Confira os municípios com alerta de chuvas intensas:

  • Bernardino Batista
  • Bom Jesus
  • Bonito de Santa Fé
  • Cachoeira dos Índios
  • Cajazeiras
  • Carrapateira
  • Conceição
  • Diamante
  • Ibiara
  • Joca Claudino
  • Marizópolis
  • Monte Horebe
  • Nazarezinho
  • Poço Dantas
  • Poço de José de Moura
  • Santa Helena
  • Santa Inês
  • São João do Rio do Peixe
  • São José de Caiana
  • São José de Piranhas
  • Serra Grande
  • Sousa
  • Triunfo
  • Uiraúna
  • Vieirópolis

 

Orientações

Nas cidades sob acumulado de chuva, pode chover entre 20 a 30 milímetros por hora. Há baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos. Nesses municípios, a orientação é evitar enfrentar o mau tempo, observar alterações nas encostas e evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Já nos municípios sob alerta de chuvas intensas, a previsão indica que pode chover entre 20 e 30 milímetros por hora e os ventos podem ser de 40 a 60 quilômetros por hora. Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Caso haja algum problema, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.