João Pessoa 25.13ºC
Campina Grande 23.9ºC
Patos 25.81ºC
IBOVESPA 127411.55
Euro 5.5733
Dólar 5.1531
Peso 0.0058
Yuan 0.7116
Banco de Leite do Cândida Vargas faz apelo por doações 
09/04/2022 / 16:56
Compartilhe:

Cada litro de leite materno doado pode alimentar até dez recém-nascidos por dia. Por isso, a importância da doação ao Banco de Leite Humano Drª Zilda Arns, do Instituto Cândida Vargas (ICV) para que os bebês prematuros possam ter seu alimento garantido. A nutricionista e coordenadora do programa, Malu Tavares, convoca as mães com leite em excesso para ajudar a aumentar o estoque que sofre uma baixa nos três primeiros meses do ano.

Nos primeiros três meses de 2022, 334 litros de leite para 319 recém-nascidos internos na maternidade foram doados. “A cada início de ano temos uma oscilação considerável nos estoques para atender os internos do Instituto Cândida Vargas, ao mesmo tempo que recebemos uma demanda maior de bebês prematuros e que precisam do reforço alimentar materno”, ressaltou a coordenadora do Banco de Leite.

Segundo ela, em 2021, o Banco de Leite Humano Drª Zilda Arns garantiu leite para 1.856 recém-nascidos internos na maternidade. “Esta garantia só foi possível devido à participação de 1.117 mães doadoras, internas e externas, o que resultou em aproximadamente 1.780 litros de leite anual”, comentou.

As mães que quiserem ajudar precisam apresentar boas condições de saúde, não tomar nenhum medicamento que possa interferir na amamentação como antidepressivos, ansiolíticos, fitoterápicos e hormônios, e não fazer uso de álcool ou tabaco.

Malu Tavares chamou a atenção das mães doadoras ativas para, em caso de doação, levarem em consideração algumas recomendações a fim de assegurar a qualidade do leite doado como: utilizar um recipiente de vidro com tampa plástica e rosqueável estéril ou um recipiente de plástico livre de BPA; lavar as mãos com água e sabão, inclusive, fazer a limpeza dos mamilos, apenas com água; usar touca e máscara em cada ordenha; evitar falar durante a ordenha; identificar o frasco com a data da primeira ordenha e o seu nome.

Ela explicou que cada ordenha (forma de coleta do leite) não pode ultrapassar 20 minutos. “Após o processo de coleta o leite deve seguir imediatamente para o congelador, onde pode permanecer por um período de até 10 dias”, observou Malu Tavares.

Serviço

O Banco de Leite Drª Zilda Arns funciona nas dependências do Instituto Cândida Vargas, localizado no bairro de Jaguaribe, e disponibiliza um posto de coleta para atender as mães internas, fornecendo orientações a respeito do aleitamento e dos cuidados necessários para que a amamentação seja um ato prazeroso, tanto para ela como para o bebê.

As interessadas em fazer a doação para o banco de leite devem ligar no 3214-1390 ou contato via WhatsApp 98795-8192 e fazer o cadastro e/ou agendamento. Endereço: Av. Coremas, 869 – Jaguaribe, João Pessoa – PB, 58015-087