João Pessoa 29.13ºC
Campina Grande 25.9ºC
Patos 31.42ºC
IBOVESPA 119048.16
Euro 5.7546
Dólar 5.3757
Peso 0.006
Yuan 0.7409
Banco do Nordeste planeja aplicações de R$ 2,7 bilhões do FNE na PB
26/09/2023 / 11:08
Compartilhe:

A Paraíba contará com R$ 2,7 bilhões em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2024. A distribuição desse valor é uma projeção mínima a ser alocada pelo Banco do Nordeste (BNB) no estado. Os recursos são divididos por setores da economia e foram apresentados a representantes de diversos segmentos produtivos e de instituições parcerias, das esferas estadual e federal.

“A Paraíba tem apresentado índices positivos de equilíbrio fiscal ao longo dos anos, demonstrando aos setores produtivos sua organização para os investimentos. Ao mesmo tempo, precisa superar índices socioeconômicos abaixo da média nacional. Essa é a razão maior para que o FNE atue ainda mais estrategicamente para fomentar as economias e transformar cenários desafiadores”, avaliou o superintendente do BNB na Paraíba, João Nilton Castro Martins.

Pela programação orçamentária, a área de infraestrutura ficou com a maior parte da destinação dos recursos em 2024, superior a R$ 1 bilhão, seguido pelo setor rural com pecuária e agricultura (R$ 878 milhões), comércio e serviços (R$ 395 milhões), indústria (R$ 277 milhões), agroindústria (R$ 38 milhões), turismo (R$ 23 milhões) e pessoa física (R$ 13,9 milhões).

O gerente de Desenvolvimento Territorial do BNB, Izidro Soares Barreiro fez a apresentação da Programação do FNE para 2024. Ele esclareceu que a próxima etapa é o encaminhamento da proposta para validação pela Direção Geral do BNB e reforçou que sua elaboração é baseada nas estimativas de demandas dos setores econômicos, apresentadas pelas instituições parceiras, bem como pelo histórico de aplicação dos recursos do FNE ao longo dos anos no estado.

Crescimento

Em sua apresentação, o gerente de Desenvolvimento Territorial afirmou que os financiamentos do BNB com recursos do FNE têm crescido ao longo dos anos na Paraíba. Ele ressaltou o peso de setores, como comércio e serviços e infraestrutura, na série histórica de contratações, a partir de 2019. Já em 2023, o destaque está sendo o segmento da pecuária, com R$ 267 milhões já aplicados até o mês de julho. “São recursos que estão sendo vinculados às ações de desenvolvimento territorial com as cadeias de bovinos, caprinos e ovinos. Além disso, há os clientes de maior porte que estão investindo em aquisições inovadoras para o campo”, disse.

Participaram do evento, representantes do Governo da Paraíba, do Farol do Desenvolvimento e do Fórum Celso Furtado, além de entidades ligadas aos segmentos da agricultura, turismo, indústria e comércio e serviços.

FNE

O BNB tem como principal fonte de recursos o FNE, criado em 1988 pela Constituição da República Federativa do Brasil. As políticas de aplicação do FNE são definidas pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) e pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Estes órgãos e o BNB coordenam, todos os anos, o processo de elaboração da Programação do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, entendida como um instrumento de planejamento que apresenta à sociedade nordestina as expectativas de financiamento com recursos do FNE aos setores produtivos na Região e em cada um dos estados de sua área de atuação.

 

F5online com MAISPB