João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 24.23ºC
IBOVESPA 126548.34
Euro 5.8882
Dólar 5.4714
Peso 0.006
Yuan 0.7527
Bebês da UTI da maternidade ISEA em Campina Grande são transferidos após faltar energia
21/01/2023 / 13:45
Compartilhe:

Bebês que estavam em leitos de Unidade de Terapia Intensida (UTI) na maternidade do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), em Campina Grande, no Agreste da Paraíba, foram transferidos em caráter de urgência para outros hospitais após faltar energia no setor.

Segundo informações da equipe do hospital, geradores não teriam dado conta da demanda.

A reportagem tentou contato com a unidade, mas as ligações não foram atendidas. Pelas redes sociais circulam imagens de bebês sendo transferidos em ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após a situação ser confirmada. Até às 12h50 ao menos sete bebês foram destinados para outros hospitais.


O ISEA é referência nos tratamentos de alta complexidade. O hospital recebe pacientes de diversas regiões do estado e até de municípios para além da Paraíba.

Por meio de nota, a prefeitura de Campina Grande esclareceu que o “incidente não causou dano a nenhum recém-nascido, gestante ou puérpera”.

Leia na integra:

O Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA) sofreu uma interrupção do fornecimento de energia elétrica em alguns setores da maternidade neste sábado, 21. Por precaução, a direção da unidade transferiu três recém-nascidos da UTI Neonatal para outras maternidades de retaguarda. O ISEA esclarece que o incidente não causou dano a nenhum recém-nascido, gestante ou puérpera. A equipe de engenharia da Secretaria Municipal de Saúde trabalha para identificar o que pode ter causado o problema, visto que a unidade dispõe de geradores de energia elétrica. O prefeito Bruno Cunha Lima e o secretário de Saúde, Gilney Porto, estão neste momento na maternidade, acompanhando a ação no ISEA até o pronto restabelecimento do fornecimento da energia“.