João Pessoa 25.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 24.35ºC
IBOVESPA 124305.57
Euro 5.5522
Dólar 5.1707
Peso 0.0058
Yuan 0.7139
Blue Zones: quatro fatores que fazem com que a população chegue aos cem anos
18/12/2023 / 12:28
Compartilhe:

Existe um termo utilizado para se referir a determinadas regiões do mundo que se destacam pela longevidade dos seus habitantes: Blue Zones. Traduzindo para o português, as Zonas Azuis são lugares em que a população envelhece de forma tão saudável que costuma alcançar os 100 anos de idade.

Existem cinco Zonas Azuis espalhadas pelo mundo: Okinawa (Japão); região da Sardenha (Itália); Península de Nicoya (Costa Rica); Ikaria (Grécia) e Loma Linda (Califórnia, nos Estados Unidos).

Viver mais e melhor é o desejo de muitas pessoas e, para isso, vale se inspirar no estilo de vida dos moradores das Zonas Azuis, que vivem até quase 3 décadas a mais do que os brasileiros, que têm expectativa de vida entre 72 e 79 anos de idade (IBGE, 2022).

Os estudos realizados nessas regiões mostram diversos fatores que contribuem para o envelhecimento saudável e longevo dessas pessoas. Alguns deles são:

Alimentação saudável
Devido à rotina corrida, produtos industrializados e alimentos processados estão presentes com frequência na maioria das refeições dos brasileiros, mas esses itens estão associados a uma série de problemas de saúde como obesidade, diabete tipo 2, doenças cardiovasculares e hipertensão. Uma dieta rica em vegetais, frutas, legumes, gorduras saudáveis, proteínas magras e grãos integrais contribui para a longevidade.

Praticar exercícios físicos
Realizar exercícios físicos contribui para melhor qualidade de vida de qualquer pessoa, não importa a idade, e é um importante meio para manter a saúde cardiovascular, óssea e muscular. Além disso, a atividade física previne doenças crônicas como diabetes tipo 2 e hipertensão arterial. Um terceiro ponto positivo da atividade física é que ela contribui para a saúde mental, outro fator essencial para viver e envelhecer bem.

Saúde mental em dia
A atividade física libera hormônios que promovem o bem-estar do indivíduo, como a endorfina, que auxilia na redução do estresse e no equilíbrio das emoções e, dessa forma, contribui para a saúde mental. A OMS (Organização Mundial de Saúde) define saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença” – por isso, quem quer ter longevidade precisa cuidar do corpo e da mente, entendendo que ambas são igualmente importantes.

Relacionamentos sociais
Evitar a solidão e manter vínculos sociais com familiares e amigos também colaboram para se ter uma vida longa. Desenvolver relacionamentos saudáveis e ter uma rede de apoio é fundamental para impulsionar a longevidade.

Arcos: um lugar desenhado para a longevidade
Olhando para esses fatores que compõem a qualidade de vida da população que está nas Zonas Azuis, percebe-se que é possível praticá-los ou estabelecer condições para eles acontecerem mesmo em outras regiões.

Foi pensando nestes pontos que a Bauten Desenvolvimento Imobiliário projetou o Arcos, empreendimento desenvolvido para valorizar a longevidade ativa, que oferece uma estrutura completa pensada no conforto, segurança e bem-estar de seus moradores.

Localizado na beira-mar do Cabo Branco, em João Pessoa (Paraíba), o Arcos conta com apartamentos sofisticados, versáteis e que priorizam o conforto, a praticidade e a autonomia de seus moradores, tendo sido projetado, primeiramente, para quem tem mais de 50 anos de idade. Desde instalações fitness especializadas até espaços de convívio comunitário, cada aspecto do Arcos foi concebido para criar um ambiente enriquecedor para os residentes.

“Olhamos para a longevidade ativa como uma conquista dos nossos futuros residentes, por isso priorizamos a qualidade de vida, convívio social e bem-estar como os grandes pilares do projeto”, explica Meiry França, Diretora-Executiva da Bauten Desenvolvimento Imobiliário.

A diretora-executiva destaca, ainda, que o projeto busca garantir a autonomia dos moradores em apartamentos práticos e funcionais, das áreas comuns, que devem oferecer opções que integrem essas pessoas à vida social do condomínio, ao interior das unidades.

O Arcos oferece 55 unidades de 32m² a 119m². Um de seus diferenciais é trabalhar com modulação, ou seja, a possibilidade de adaptar o apartamento de acordo com a necessidade de cada cliente, podendo optar por um quarto maior, um banheiro reversível, uma sala maior ou até um escritório. O Arcos oferece também: espaço pilates, hidromassagem, piscina, restaurante e Espaço Vinum (gourmet com adega) e o serviço de concierge.

Conheça a Bauten
A Bauten Desenvolvimento Imobiliário existe há mais de 20 anos com o objetivo de desenvolver soluções imobiliárias sustentáveis e inovadoras. Criada por profissionais com experiência no mercado, a empresa atua no Nordeste, entregando desenvolvimento imobiliário alinhado com os requisitos de governança e compliance.

Mais informações:
bauten.com.br
www.instagram.com/bautenbrasil