22.1 C
João Pessoa

Boletim indica aumento de casos prováveis de chikungunya na Paraíba

Até o dia 25 de setembro, foram registrados 11.709 casos prováveis de dengue, 7.937 de chikungunya e 1.236 de zika

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou, nesta segunda-feira (4), o Boletim das Arboviroses nº 09. O relatório apresenta um aumento de 1.600 casos prováveis de chikungunya comparado ao anterior. Até o dia 25 de setembro – 38ª Semana Epidemiológica (SE), foram registrados na Paraíba 11.709 casos prováveis de dengue, 7.937 de chikungunya e 1.236 de zika.

De acordo com a técnica da SES da Área de Arboviroses, Carla Jaciara, o boletim de n° 09 apresenta a mesma crescente de casos prováveis para os três agravos. Ela afirma que a maior porcentagem ainda é para dengue, com 56%, seguido da chikungunya com 38% e da zika com 6%.

Leia Também

Fazendo uma comparação com o boletim nº 08, Carla Jaciara destaca que, além do aumento significativo da chikungunya, foi possível observar o mesmo crescimento para dengue, com 1500 novos casos prováveis. Ela alerta que muitos casos suspeitos de dengue podem estar camuflados com a semelhança clínica da Covid-19.

“A consequência disso é a não notificação no sistema de informação Sinan On-line de forma oportuna. Reforçamos que, nos casos em que as arboviroses, mais especificamente a dengue, forem suspeitos, exames complementares básicos e específicos para diagnóstico diferencial devem ser considerados. O serviço de saúde que identificar casos em que a clínica do paciente se enquadre para Covid-19 e Arboviroses, devem seguir a investigação para ambos”, pontua.

Com relação ao mesmo período de 2020, houve um aumento de variação para os casos prováveis de dengue de 103%. Já para os casos prováveis de chikungunya, um importante acréscimo de 384% e para os casos prováveis de zika, houve um aumento significativo de 320%.

Sobre os óbitos por arbovisores, até 25 de setembro, houve 10 registros suspeitos, distribuídos nos municípios de Alcantil (01), Conde (01), João Pessoa (06), Sapé (01), e Patos (01). Desse total, cinco foram descartados e três confirmados para dengue nos municípios de João Pessoa e Patos. Dois casos continuam em investigação.

Até o fechamento do informe, 181 municípios enviaram o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa). De acordo com os resultados, 21 (11,60%) apresentaram índices que demonstram situação de risco para ocorrência de surto, 123 (67,95%) estão em situação de alerta e 37 (20,44%) municípios estão em situação satisfatória.

A SES orienta a população a continuar procurando os serviços de saúde ao apresentar qualquer sinal ou sintoma suspeito de arbovirose. A secretaria reforça aos profissionais de saúde a notificação em tempo oportuno no sistema Sinan Net. As Atividades de Controle das Arboviroses seguem ativas e as Secretarias Municipais de Saúde continuam sendo orientadas a intensificar as ações de modo integrado, sensibilizando a população quanto ao autocuidado para eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

MADRUGADA DE TERROR: tiroteio e correria na Praça da Paz, nos Bancários; veja o vídeo

A madrugada não foi nada tranquila na Praça de Paz, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Vídeos que circulam...

UNIMED nega testes da Covid para usuários do plano em João Pessoa

Em recente comunicado da Unimed João Pessoa para seus clientes, a operadora diz que há escassez de insumos necessários para realização de testes Covid....

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

Unimed-JP nega suspensão dos serviços de telemedicina em sua plataforma

O presidente da Unimed João Pessoa, Gualter Ramalho, disse nesta terça-feira ao portal F5 Online que não houve suspensão nos serviços de telemedicina da Cooperativa e sim uma expansão de atendimento.  Em nota enviada à redação do F5, Gualter Ramalho diz que "Em momento algum houve suspensão ou paralisação no atendimento dos serviços de medicina pela Unimed João Pessoa". 

Nas redes, Veneziano já é candidato a governador

O vice-presidente do Senado Federal ainda não confirmou se disputará ou não o Palácio da Redenção, mas as fotos divulgadas ao lado do presidenciável Lula (PT), nesta terça-feira (25), alimentam as discussões sobre a candidatura do emedebista com possível apoio do PT. Da parte da mãe de Veneziano, a senadora Nilda Gondim (MDB), não falta torcida. Em entrevista à Rede Mais Rádio, na noite de ontem, Nilda reforçou suas apostas na candidatura do filho e disse que ele tem aval do presidente nacional da legenda, Baleia Rossi. “Nosso presidente, Baleia Rossi, torce muito por Veneziano para que ele se lance ao Governo do Estado. Veneziano sempre esteve apto para isso. Ele perdeu uma grande oportunidade em 2014 e tem um grande sonho de ser governador do Estado [...] Acredito que nos próximos dias ele define isso. Acredito que não vai demorar. Ele está mantendo os contatos que precisa manter", disse Nilda.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#