João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 31.95ºC
IBOVESPA 118990.25
Euro 5.8576
Dólar 5.4546
Peso 0.006
Yuan 0.7516
Bolsonaro cita facada ao lamentar ataque a Cristina Kirchner
02/09/2022 / 15:39
Compartilhe:

O presidente Jair Bolsonaro (PL) lamentou nesta sexta-feira (2) o atentado cometido por um brasileiro contra a vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner. A declaração foi dada a jornalistas durante visita do mandatário à Expointer, feira agropecuária em Esteio (RS).

“Eu lamento. É um risco que quase todo mundo corre. Eu quase morri em 2018. Não vi a esquerda se preocupando comigo, mas tudo bem. Apesar de eu não ter nenhuma simpatia por ela, não desejo isso para ela. Nós temos coração, nós queremos o bem. Lamento o ocorrido. Espero que a apuração seja feita para ver se saiu da cabeça dele ou de alguém, porventura, tivesse contratado ele para fazer aquilo”, disse Bolsonaro. Além dele, outros presidenciáveis repudiaram a violência sofrida pela presidente do Senado argentino.

Filho de um chileno e de uma argentina, o brasileiro Fernando Andrés Sabag Montiel, de 35 anos, foi preso logo após o ataque contra a ex-presidente do país. Imagens em vídeo mostram o momento em que o homem aponta uma pistola para a cabeça de Kirchner. A arma estava carregada com cinco balas, que falharam. Ele teria apertado o gatilho duas vezes.