João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 21.13ºC
IBOVESPA 128293.61
Euro 5.8516
Dólar 5.4398
Peso 0.0059
Yuan 0.7489
Câncer de boca é um dos mais incidentes no Brasil e tem taxa de cura de até 80%
10/02/2023 / 19:45
Compartilhe:

Com uma taxa de cura de até 80% quando descoberto precocemente, o câncer de boca é um dos mais incidentes no Brasil, principalmente devido à falta de incentivo à prevenção e auto-exame. Taís Cristina Rosa, proprietária da Odontogalerie, explica que a adoção de hábitos saudáveis, boa higiene oral e observação de alterações para um diagnóstico precoce, são imprescindíveis para elevar as possibilidades de cura. “É um dos mais prevalentes no Brasil, por isso a necessidade de fazer a prevenção e o diagnóstico precoce, pois tem alto índice de cura quando descoberto no início”, destaca.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de boca está entre os mais incidentes no Brasil, principalmente entre a população masculina. Estima-se que são 15 mil novos casos por ano. “A adoção de hábitos saudáveis como uma alimentação balanceada, evitar a ingestão de álcool e consumo de cigarro, ter uma boa higiene oral, evitar traumas constantes — seja por hábitos ou próteses mal adaptadas. Além disso, procurar sempre profissionais cirurgiões-dentistas para a prevenção e para os exames de rotina”, são algumas orientações da especialista.

Evitar exposição a agentes cancerígenos, como radiação e produtos tóxicos também são indicações de Taís. “Na parte da prevenção também há o auto-exame, além do visual com o espelho, também apalpar a língua, assoalho da língua (região embaixo da língua), bochecha e se houver algum sinal de coloração diferente, manchas ou alteração de volume, procurar um dentista para fazer o diagnóstico precoce”, explica.

O que é — o câncer de boca afeta os lábios e todo o interior da cavidade oral, como gengivas, bochechas, palato, língua, assoalho bucal e glândulas salivares. Segundo Tais, os primeiros sinais podem se manifestar com feridas na boca ou lábio que não cicatrizam em 15 dias. “Regiões com manchas vermelhas ou esbranquiçadas, caroços ou aumento do volume da boca, áreas de dormência ou sangramento sem causa conhecida”, também são sinais a serem observados, de acordo com a especialista.

O gênero mais afetado é o masculino, provavelmente, segundo Taís, porque está mais exposto aos fatores de risco como álcool e cigarro. A faixa etária mais comum é, geralmente, após os 40 anos. Os tipos mais comuns são carcinoma espinocelular, carcinoma verucoso e Carcinoma de glândulas salivares. “A região mais atingida é a língua, seguida do assoalho da língua e os principais tratamentos são a cirurgia, radioterapia e quimioterapia”, conta Taís.

Com o carnaval se aproximando, a especialista chama atenção para o perigo da transmissão de HPV, uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST). Apesar de não ter relação direta com o câncer de boca, Taís explica que o vírus do HPV pode ser transmitido pelo contato, principalmente se a pessoa estiver com alguma lesão. “Pode ser transmitido pelo beijo na boca ou sexo oral e ser precursor não só do câncer de boca, mas câncer do colo do útero, e outros”, alerta.

Sobre a Odontogalerie – Especializada em tratamentos clínicos, estéticos, periodontais, cirurgias de enxertos, bucomaxilofaciais, implantes, extrações, tratamento de canal, próteses e ortodontia, a Odontogalerie é referência em procedimentos e técnicas inovadoras, administração humana e gestão há nove anos. A clínica, localizada em João Pessoa (PB), possui reconhecimento no MBA do Grupo Caproni — um dos mais renomados e importantes do Brasil na área de gestão e mercado para consultórios e clínicas. Tem como missão contribuir para elevar a auto-estima dos clientes, valorizando o sorriso sincero nos relacionamentos, por meio de tratamentos odontológicos de excelência. Para saber mais o site é www.odontogalerie.com.br e o instagram é @odontogalerie (Instagram). A clínica fica na Avenida Monteiro da Franca, 424 — Manaíra. O telefone é (83) 3031-0055.