João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 21.22ºC
IBOVESPA 127411.55
Euro 5.5592
Dólar 5.1442
Peso 0.0058
Yuan 0.71
Caso Mariana Thomaz: Júri popular de Johannes Dudeck acontece hoje em João Pessoa
16/11/2023 / 09:47
Compartilhe:

Acontece nesta quinta-feira (16/11), no 1º Tribunal do Júri da Capital, o júri popular de Johannes Dudeck, acusado por homicídio e estupro contra a estudante de medicina Mariana Thomaz, em João Pessoa, em março de 2022. Ele ainda responde pela qualificadora de feminicídio.

A sessão estava marcada para acontecer na quinta-feira (9), mas conforme o Ministério Público da Paraíba, o advogado de defesa manejou um pedido de adiamento do julgamento, alegando ter compromisso profissional para a mesma data. Antes disso, o julgamento já havia sofrido outro adiamento.

De acordo com os autos do processo, o corpo de Mariana foi encontrado no dia 12 de março de 2022, em um apartamento na orla de Cabo Branco, em João Pessoa, após a polícia receber uma ligação do próprio Johannes Dudeck alegando que a estudante estava tendo convulsões. A investigação, no entanto, observou sinais de esganaduras. Johannes foi preso ainda no local e encaminhado para um presídio especial de João Pessoa. Em setembro de 2022, a Justiça determinou a transferência dele para o presídio do Roger.

O relatório final do inquérito indicou os crimes de feminicídio e estupro, conforme informações obtidas do laudo tanatoscópico do Instituto de Polícia Científica (IPC), exame feito para comprovar a existência de violência sexual.

Mariana Thomaz era natural do Ceará e estava morando em João Pessoa para cursar a graduação em medicina. O feminicídio da jovem resultou na edição da Lei Estadual 12.297/22 (Lei Mariana Thomaz) que determina, entre outras medidas, que as instituições estaduais de assistência e acompanhamento às mulheres na Paraíba promovam a divulgação dos sites e demais locais de consulta sobre os antecedentes criminais de terceiros. A ferramenta disponibilizada para esse tipo de consulta é gerenciada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba e pode ser acessada aqui.

Johannes Dudeck, acusado de matar a estudante de medicina Mariana Thomaz, em João Pessoa – Foto: Reprodução