26.1 C
João Pessoa
23.9 C
Campina Grande
18.5 C
Brasília

COVID-19: Cartórios registram janeiro mais mortal da série histórica no Brasil

Taxa elevada de óbitos é divulgada no mês em que a variante ômicron avançou no país

O mês de janeiro deste ano foi o mais mortal desde o início da série histórica em 2003, segundo os cartórios brasileiros, que registraram um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre os agravantes estão o número de óbitos por pneumonia, que cresceu mais de 70%, e o avanço da variante ômicron, que registrou a maior quantidade de casos no primeiro mês do ano. Os números foram contabilizados pelos Cartórios de Registro Civil.

Em janeiro de 2021 foram registradas 137.431 fatalidade. O mês já havia registrado crescimento de 22% nas mortes em relação ao mesmo período de 2020, ainda antes do início da pandemia no país. Já as mortes por pneumonia passaram de 12.745 em janeiro de 2021 para 21.718 neste ano. Em 2020, antes do surgimento da covid-19, foram 15.484 mortes pela doença.

Leia Também

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/BR) e abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos 7.658 Cartórios de Registro Civil do país —presentes em todos os 5.570 municípios brasileiros. O banco de informação é cruzado com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que utiliza como base os dados dos próprios cartórios brasileiros.

Além disso, outro dado observado pelos números de óbitos registrados pelos Cartórios brasileiros está relacionado ao crescimento de mortes por doenças do coração em janeiro deste ano na comparação com o primeiro mês do ano passado: AVC (20%), Infarto (17%) e Causas Cardiovasculas Inespecíficas (19%). Também registraram crescimento as mortes por Septicemia (23%), Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) (9%) e Indeterminada (9%). Já os óbitos por covid-19 tiveram redução de 55% no período.

“Os números dos Cartórios de Registro Civil mostram mais uma vez, em tempo quase que real, o retrato fidedigno do que acontece com a população brasileira. Embora haja uma diminuição clara nos óbitos por covid-19, ainda não se conhecem todos os efeitos das novas variantes, em especial da ômicron, que, diante do aumento de casos no último mês, parece ser a causa do crescimento de óbitos de outras doenças, como a pneumonia, doenças do coração e septicemia”, explica Gustavo Renato Fiscarelli, presidente da Arpen/BR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

ENQUETE F5: Se as eleições fossem hoje Pedro Cunha Lima seria o novo governador da Paraíba

O programa F5 da Rádio POP FM realizou uma enquete com os ouvintes e expectadores que acompanharam a transmissão...

DO SERTÃO AO LITORAL: A agenda de shows do São João 2022 nos municípios da Paraíba

Depois de dois anos sem os grandes eventos públicos de São João, a Paraíba se prepara para dançar muito forró e reunir gente de...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

Inscrições para o SiSU 2022.2 começam nesta terça-feira (28); Paraíba tem mais de 4,9 mil vagas

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), referente ao segundo semestre de 2022, começam às 0h desta terça-feira (28) e seguem até...

VÍDEO: Influencer morre após cair de prédio com mais de 180 metros em João Pessoa

Uma mulher morreu após cair do prédio Tour Geneve na tarde desta terça-feira (7), em João Pessoa. O caso foi registrado no bairro Altiplano. O...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#