Custos com combustível e insumos são os que mais pressionam pequenos negócios na Paraíba, aponta Sebrae

Dados fazem parte da 12ª edição da pesquisa “O impacto da pandemia de coronavírus nos pequenos negócios”, realizada pela instituição em parceria com a FGV

Ainda sentindo os impactos da crise provocada pela pandemia do coronavírus, os pequenos negócios precisam compreender e lidar diariamente com as constantes mudanças no cenário econômico, para que possam se manter sustentáveis e ativos no mercado. Nesse cenário de dificuldades, conforme pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, os custos com combustível e com a aquisição de insumos são os que mais estão pressionando financeiramente as micro e pequenas empresas da Paraíba.

Os dados fazem parte da 12ª edição da pesquisa “O impacto da pandemia de coronavírus nos pequenos negócios”, realizada entre os meses de agosto e setembro, que entrevistou 68 donos de pequenos negócios no estado. De acordo com os números, 33% dos empresários apontaram o combustível como o custo que mais tem pressionado financeiramente o negócio, enquanto 32% revelaram que essa pressão financeira é maior para a aquisição de insumos e mercadorias.

Leia Também

Já a energia elétrica, que enfrenta sucessivos reajustes ao longo do ano, é o custo que mais tem pressionado as finanças da empresa para 13% dos empreendedores paraibanos entrevistados. Em seguida, 7% citaram o aluguel de imóveis, 4% o gás de cozinha e 2% as despesas com internet e telefone. Outros 10% afirmaram que outros tipos de custos são os responsáveis pela pressão financeira do negócio. Na Paraíba, outra particularidade é que os custos com a conta de água não foram citados por nenhum dos entrevistados.

Também perguntados sobre quanto tempo será necessário para que a situação econômica brasileira volte ao normal, os empreendedores da Paraíba acreditam que, em média, serão necessários 14 meses para que o cenário econômico seja estabilizado. Na avaliação da gerente da Unidade de Gestão Estratégica e Monitoramento do Sebrae Paraíba, Ivani Costa, os dados refletem as dificuldades enfrentadas no atual cenário econômico, mas também apresentam um caminho de superação para as empresas.

“A postura de gestão financeira recomendada para os empreendedores nesse período tão delicado é a de não sacrificar a qualidade dos seus produtos ou dos seus serviços. O cliente vai sentir essa diferença e isso não é inteligente nesse momento. Por essa razão, recomenda-se um controle cada vez mais rigoroso e o foco nos custos que trazem valor para o cliente. É um momento de fazer substituições para o que é mais eficiente, sem perder o foco na qualidade”, explicou a gerente.

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

WILLOW e Avril Lavigne celebram o pop punk dos anos 2000 no clipe de ‘G R O W’

Com 2 minutos e 9 segundos de duração, o vídeo traz as artistas celebrando o direito a confusão e ao amadurecimento, enquanto viram gigantes e dominam as ruas de um bairro. "Estou tão animada por ter uma música no álbum com Avril Lavigne. Ela é tão icônica. Dos 13 aos 16, ela era meu ídolo. É muito bom poder ter um verdadeiro álbum Pop Punk com a rainha do Pop Punk", disse a artista em entrevista de divulgação. A estética e sonoridade pop punk e rock expressos por WILLOW em 'Lately I Feel EVERYTHING' canalizam os heróis que a jovem ouvia na adolescência, como Lavigne, My Chemical Romance e Paramore. O disco evidencia a versatilidade e rebeldia da "filha de Will Smith", que já dominou as paradas pop mainstream no início da carreira e passeia com fluidez do new age ao punk e R&B.

Hospital Napoleão Laureano fornecerá 1000 mamografias à população durante o Outubro Rosa

O diagnóstico precoce é um importante caminho para prevenir e salvar vidas e o Hospital Laureano, o maior centro de tratamento oncológico da Paraíba, tem uma atenção ainda mais reforçada durante a campanha do Outubro Rosa. 

IFPB oferece mais de 3,7 mil vagas em cursos técnicos para 2022

São mais de 3,7 mil vagas em cursos profissionalizantes integrados e subsequentes (quem já concluiu o ensino médio) gratuitos e sem prova de seleção distribuídas em 21 campi do estado. A grande novidade desta edição é a escolha pelo candidato da 2ª opção de curso na ordem de sua preferência, desde que ofertado pelo mesmo campus. As inscrições estarão abertas a partir do dia 25 de outubro e se encerram em 30 de novembro de 2021. Tanto para os candidatos de Cursos Técnicos Integrados quanto para os de Subsequentes há a opção da segunda escolha. É preciso ficar atento na hora de selecionar se o curso pertence ao mesmo campus e difere da primeira opção, neste caso, o candidato pode até escolher o mesmo curso, desde que em turno distinto. Os campi ofertantes são: Areia, Cabedelo, Cabedelo Centro, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Mangabeira, Monteiro, Patos, Pedras de Fogo, Picuí, Princesa Isabel, Santa Luzia, Santa Rita, Soledade e Sousa.

Celeiro Espaço Criativo terá o nome do cantor Gabriel Diniz e inaugura memorial em homenagem ao artista

A cerimônia contará ainda com a abertura de uma exposição fotográfica que relembra a trajetória do cantor, que faleceu em maio de 2019. Intitulada "A Intensidade do ser: Gabriel Diniz", a mostra trará, além de imagens, objetos pessoais do cantor, para relembrar ao público traços da vida pessoal e profissional do artista. O evento está marcado para acontecer a partir das 17h, no Celeiro Espaço Criativo, situado à Rua João Cirilo da Silva, 850, no Altiplano. A exposição acontece paralelamente à inauguração de um memorial em homenagem ao cantor, que faleceu no dia 27 de maio de 2019, vítima de um acidente aéreo na região de manguezal de Porto do Mato, próximo à divisa entre Sergipe e Bahia. O evento ainda vai contar apresentações musicais do cantor Luca Bass, Banda Big Band e ainda uma apresentação especial de Brenda Victória da Silva Beltrão, 14 anos, aluna da Escola Municipal Cícero Leite.

Globo perde exclusividade de direitos digitais da Copa do Mundo de 2022

Após ir à Justiça contra a Fifa para reduzir o valor das parcelas de seu acordo de TV pela Copa do Mundo, a Globo renunciou à exclusividade nos direitos de transmissão pela internet do torneio no Qatar, que será realizado de 21 de novembro a 18 de dezembro do ano que vem. Com isso, a entidade que controla o futebol mundial tem oferecido pacotes de jogos da competição por streaming diretamente às plataformas digitais no Brasil. Youtube, Facebook e TikTok, por exemplo, já foram procurados e estudam a viabilidade do negócio. A emissora carioca continuará exibindo as partidas do Mundial na televisão aberta e no seu canal esportivo por assinatura, o Sportv. No entanto, não terá exclusividade nas plataformas digitais, seja no Globoplay (streaming) -o app tem sido uma grande aposta do grupo- ou em seus portais na internet, que transmitiram jogos ao vivo das Copas de 2010, 2014 e 2018. É a primeira vez que a Fifa assume a negociação dos direitos da Copa do Mundo com redes sociais, e o Brasil tem sido uma oportunidade para a entidade experimentar o modelo.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#