23.1 C
João Pessoa

Daniella Ribeiro discute projeto para aliviar perdas do setor de eventos

 

A senadora Daniella Ribeiro (Progressistas) esteve na tarde de hoje, em reunião remota, com o deputado Felipe Carreras e outros parlamentares para tratar do projeto que visa aliviar as perdas para o pessoal da área de eventos. O setor é um dos mais atingidos pela pandemia do coronavírus, em razão da orientação do distanciamento social e suspensão das atividades. A senadora é a relatora do projeto no Senado Federal.
Daniella disse que a reunião foi produtiva e que permitiu um debate mais claro sobre o objetivo do projeto que deve ser colocado em pauta na próxima semana no Senado Federal. “O PL 5.638/2020 vem como uma esperança para o setor de eventos para compensar os fortes impactos financeiros em razão da pandemia. São homens e mulheres que não conseguem trabalhar há meses. Se não tem eventos, eles ficam à deriva”, afirmou.
Na reunião, a senadora disse aos parlamentares que está discutindo o projeto com profissionais do setor de eventos e que percebe a necessidade de que algo seja feito por essas pessoas que de uma hora para outra se viram sem perspectivas financeiras para cumprir suas obrigações devido em consequência da pandemia. “Estou buscando apoio de outros senadores para que possamos chegar no entendimento e aprovarmos esse projeto”, declarou.
Uma vez aprovado, o projeto autoriza o Poder Executivo a disponibilizar modalidades de renegociação de dívidas, incluídas as de natureza tributária, não tributária e para com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Possibilitará então: abertura de crédito, refinanciamento de passivos fiscais, isenção fiscal pós-pandemia e extensão de medidas legislativas que terminaram junto com o decreto de calamidade em dezembro de 2020.

Leia Também

*O Perse*

O Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) tem o objetivo de criar condições para que o setor de eventos possa mitigar perdas oriundas do estado de calamidade pública reconhecido pelo decreto legislativo de nº 6, de 20 de março de 2020.
Serão contemplados pelo Perse profissionais que atuem em: eventos esportivos, eventos sociais (casamentos, formaturas, etc), entretenimento (boates, por exemplo), eventos de negócios (corporativos) e trade turístico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

MADRUGADA DE TERROR: tiroteio e correria na Praça da Paz, nos Bancários; veja o vídeo

A madrugada não foi nada tranquila na Praça de Paz, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Vídeos que circulam...

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

UNIMED nega testes da Covid para usuários do plano em João Pessoa

Em recente comunicado da Unimed João Pessoa para seus clientes, a operadora diz que há escassez de insumos necessários para realização de testes Covid....

Suspeito de tentar assaltar policial militar é morto durante troca de tiros em João Pessoa

Um homem foi morto a tiros na tarde deste sábado (22), ao tentar assalta um policial militar na Praia do Sol, em João Pessoa....

Unimed-JP nega suspensão dos serviços de telemedicina em sua plataforma

O presidente da Unimed João Pessoa, Gualter Ramalho, disse nesta terça-feira ao portal F5 Online que não houve suspensão nos serviços de telemedicina da Cooperativa e sim uma expansão de atendimento.  Em nota enviada à redação do F5, Gualter Ramalho diz que "Em momento algum houve suspensão ou paralisação no atendimento dos serviços de medicina pela Unimed João Pessoa". 
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#