João Pessoa 28.13ºC
Campina Grande 25.9ºC
Patos 31.39ºC
IBOVESPA 124729.4
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
Daniella Ribeiro vota a favor da PEC da Transição no Senado
08/12/2022 / 14:12
Compartilhe:

A senadora Daniella Ribeiro (PSD) votou favoravelmente à PEC da Transição (PEC 32/2022), que libera o valor de R$ 145 bilhões para o novo governo federal, fora do teto de gastos, pelo prazo de dois anos. A PEC da Transição foi aprovada por 64 votos a favor e 16 contrários, na noite da quarta-feira (7), no Senado Federal, no segundo turno de votação. Agora, a PEC será apreciada pela Câmara dos Deputados.

Daniella disse que votou a favor da PEC da Transição porque “não há como desconsiderar os mais de 60 milhões de brasileiros que estão na pobreza ou extrema pobreza no Brasil”. A senadora considerou ainda a amarga realidade de mais de “33,1 milhões de brasileiros que não têm o que comer diariamente, aos quais, um prato básico de arroz e feijão é uma incerteza, um sonho distante”. Os dados são de estudos sobre fome e pobreza no Brasil, realizados pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan).

“Com o meu voto, o Senado aprovou a PEC/2022, que vai garantir as condições mínimas necessárias para que mais de 60 milhões de famílias, muitas delas na minha Paraíba, não percam seus benefícios tão importantes para a sobrevivência”, pontuou Daniella.

PEC da Transição

A PEC 32/2022, conhecida como PEC da Transição, aprovada em dois turnos pelo Senado, aumenta por dois anos o teto de gastos em R$ 145 bilhões. Metade desse valor vai para o Bolsa Família de R$ 600 e o adicional de R$ 150 por criança de até 6 anos de idade. Se houver arrecadação extra, R$ 23 bilhões serão destinados para investimentos.