22.1 C
João Pessoa

Dia Internacional do Orgulho: paraibanos podem ajudar a construir plano estadual de direitos LGBTQ+

Nesta terça-feira (28) é comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+. A data faz alusão ao levante de Stonewall, quando há exatos 53 anos, em 28 de junho de 1969, frequentadores do bar Stonewall Inn, em Nova York (em sua maioria homens gays, travestis e drag queens) se revoltaram contra mais uma batida policial agressiva e iniciaram uma série de rebeliões, protestos e caminhadas que se arrastariam pelos dias seguintes e se espalhariam por diversos países do mundo, catapultando os direitos LGBT em debates públicos e despertando o ativismo organizado.

“Essa data se tornou emblemática pela luta da cidadania, do respeito e do orgulho de ser LGBT”, diz o professor de história e gerente executivo de Direitos Sexuais e LGBT da Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana da Paraíba, Fernando Luiz.

Leia Também

Na Paraíba, está em construção o Plano Estadual de Promoção à Cidadania e Direitos Humanos LGBTQIAP+, elaborado de forma coletiva com sugestões da sociedade civil e entidades comprometidas com a causa. Além das demandas trazidas pelas entidades, a população pode participar do processo respondendo a este formulário.

“Mesmo a gente tendo várias políticas públicas de Estado já implementadas, o plano pode e deve surgir com a proposta de interiorizar cada vez mais as políticas, como a criação de espaços LGBT’s no Sertão, ambulatórios LGBT no Sertão, e de outras casas de acolhida do estado, como é o caso da primeira casa 100% pública do Brasil que o governo do estado entregou no último dia 21 à população LGBT, a Casa Cris Nagô”, explica Fernando.

A Casa de Acolhida LGBTQIAP+ da Paraíba – Cris Nagô, fica no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa, e foi criada para atender à população em situação de rua, abandono familiar e em situação de violência. O espaço tem capacidade para acolher provisoriamente até 25 pessoas simultaneamente e conta com profissionais de enfermagem, psicologia, serviço social, assessoria jurídica, assistência pedagógica e educação social. A triagem para ter acesso ao serviço é feita nos Centros de Referências dos Direitos de LGBTQIAP+ e Enfrentamento à LGBTQIAP+fobia de João Pessoa e Campina Grande.

“É um dia de muito orgulho, muita luta e resistência, mas também de lembrar a todos que a população LGBT precisa de respeito, dignidade e cidadania”, afirma Fernando.

 

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Pesquisa OPUS: João Azevedo cai e Pedro encosta. Nilvan e Veneziano empatam

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo Portal da Capital, traz os primeiros números do atual cenário da corrida eleitoral...

Resultado de pesquisa para governador da Paraíba já tem data para ser divulgada; veja

A corrida eleitoral para governador e senador na Paraíba vai ter a primeira pesquisa contratada pelas TVs Paraíba e Cabo Branco, que compõem a...

ENQUETE F5: Ricardo Coutinho lidera preferência na disputa ao Senado pela Paraíba

Enquete realizada pelo portal F5 Online sobre intenção de voto para os candidatos ao Senado na Paraíba mostra o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) na...

Instituto Opus: Ricardo Coutinho lidera primeira pesquisa para o senado na Paraíba; Efraim cresce

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo @portaldacapital, traz os primeiros números da Paraíba sobre a disputa ao Senado Federal. O levantamento realizou mil entrevistas...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#