João Pessoa 25.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 26.1ºC
IBOVESPA 128896.98
Euro 5.9176
Dólar 5.4291
Peso 0.0059
Yuan 0.7487
Dilma é eleita Mulher Economista de 2023
12/12/2023 / 10:02
Compartilhe:

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foi eleita “Mulher Economista 2023” pelo sistema Cofecon/Corecons, que reúne o Conselho Federal de Economia e os Conselhos Regionais de Economia. Em nota, o Cofecon disse que a ex-chefe do Executivo é uma “renomada economista” e “foi escolhida por sua significativa contribuição para o desenvolvimento econômico e social do país ao longo de sua carreira”.

Dilma é a atual presidente do NDB (sigla em inglês para Novo Banco de Desenvolvimento), o Banco do Brics. Sua passagem pela Presidência ficou marcada por uma forte retração econômica e pelas acusações de “pedaladas fiscais”, que resultaram no impeachment da petista, em 2016.

O Cofecon disse que a escolha de Dilma se deu em 4 fases. Houve a indicação das concorrentes pelos conselheiros federais, Conselhos Regionais de Economia e pela Comissão Mulher Economista e Diversidade da entidade. Em lista secreta, o plenário do Cofecon formou lista décupla (com 10 nomes), a partir da qual os Corecons elaboraram a uma lista tríplice (com 3).

O nome de Dilma foi o escolhido em votação secreta realizada no plenário do Cofecon. O resultado foi anunciado no sábado (9.dez.2023). Não há uma data definida para a solenidade de entrega da honraria, mas o Conselho informou que será em 2024.

“A premiação marca não apenas a celebração do mérito da economista, mas também destaca a importância de reconhecer e valorizar as mulheres que desempenham papéis relevantes na promoção do desenvolvimento com responsabilidade social”, lê-se na nota.

“A escolha de Dilma Rousseff como a ‘Mulher Economista de 2023’ reflete o reconhecimento do seu legado e expertise no campo econômico, bem como seu papel fundamental na formulação e implementação de políticas que moldaram a trajetória econômica do Brasil”, completa.

Com informações de Poder 360