João Pessoa 21.13ºC
Campina Grande 18.9ºC
Patos 19.66ºC
IBOVESPA 128896.98
Euro 5.9176
Dólar 5.4291
Peso 0.0059
Yuan 0.7487
Emlur faz licitação para escolher empresa e garante que coleta não será interrompida na capital
11/11/2021 / 07:55
Compartilhe:

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana de João Pessoa (Emlur) deve realizar nesta semana um novo processo licitatório para escolha de empresa que irá realizar serviços de coleta e limpeza urbana na capital. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (11), no programa Paraíba Agora, da 89 Rádio POP.

Nesta quarta-feira (10), trabalhadores da empresa Líbano Serviços LTDA (Limppar), que atuam na Zona Sul de João Pessoa, iniciaram uma paralisação nas atividades. Eles alegam atrasos no pagamento de salários e do vale-alimentação.

Em nota, a Emlur disse que dialoga com os agentes e a empresa.

“A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), diante do anúncio de paralisação dos agentes de limpeza da empresa Líbano Serviços LTDA (Limppar), contratada para realizar coleta na Zona Sul, afirma que está buscando o entendimento com trabalhadores e empresa para o pronto restabelecimento dos serviços. Esclarece ainda que não há qualquer pendência quanto ao pagamento à empresa prestadora, mas como gestora do contrato vai esgotar todos os canais de entendimento e garantir que o cidadão de João Pessoa não tenha a limpeza pública interrompida”, diz um trecho da nota.

De acordo com o superintendente da Emlur, Ricardo Veloso, a autarquia já pediu sensibilidade à contratada para que atenda aos pleitos dos empregados. Ele informou ainda que as normas das relações trabalhistas estão sendo seguidas pela terceirizada e que a área de cobertura não ficará desassistida pelos serviços de limpeza. “Para isso faremos uma redistribuição de rotas para atender a Zona Sul da Capital”, afirmou Veloso.

“Isso é uma questão de livre negociação entre os trabalhadores, sindicato e empresas. Como não chegaram a um entendimento, houve paralisação de funcionários. Nós temos total interesse e estamos dispostos a mediar. Não existe qualquer atraso entre a Emlur e as contratadas”, garantiu o superintendente da Emlur.