João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 26.43ºC
IBOVESPA 127218.24
Euro 5.8586
Dólar 5.4144
Peso 0.0059
Yuan 0.7441
Enfermeira diz que pessoas não imunizadas criam terreno fértil para novas variantes
11/01/2022 / 15:13
Compartilhe:

Em entrevista ao programa F5 da rádio POP FM nesta terça-feira (11), a enfermeira e sócia da Imune Kids Andreia Roque, falou sobre a busca pela vacinação em João Pessoa. Segundo ela, as pessoas não podem ter medo da vacina. “Quando as pessoas não se imunizam, criam um terreno fértil para que se crie novas variações da covid-19 e da Influenza”.

Para ela o fato de a vacina ter sido feita rapidamente não significa que é ineficaz “Hoje a tecnologia avançou muito a ciência avançou e se uniu, oque se descobre em um lugar é passado para o outro, existem várias metodologias para a criação rápida dos imunizantes”. E lembrou que só se tira o medo da vacina da população, com informação.

Durante a entrevista Andreia falou sobre um estudo que a Fiocruz fez detalhando os maiores desafios para o ano de 2022. “O relaxamento é um desafio enorme, pois com o avanço da vacinação as pessoas tendem a relaxar com as medidas de proteção contra o vírus” ela lembra que não existe só o Covid e que é preciso manter os cuidados.

Andreia lembrou que mesmo com a vacinação contra a Covid-19 em andamento, as pessoas não podem deixar de lado outras vacinas importantes, como a da Influenza. “É preciso tomar as vacinas no momento certo para barrar as variantes como a H3n2.” Em caso de não saber se tomou as vacinas anteriores, as pessoas não irão recomeçar uma vida de vacinação “Se não tiver certeza, vai entrar no calendário de acordo com sua faixa etária” afirmou.