João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 24.28ºC
IBOVESPA 124305.57
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
Estágio, Trainee ou Jovem aprendiz? Conheça as principais diferenças e dúvidas sobre os programas
18/04/2023 / 14:47
Compartilhe:

 

Não são poucos os jovens que ficam ansiosos para entrar no mercado de trabalho. Porém, o mercado é concorrido para quem nunca teve experiência e só existem três opções para o jovem: estágio, trainee e o programa Jovem Aprendiz.

O Jovem Aprendiz é a melhor opção para quem está cursando o ensino fundamental ou médio. O programa de estágio é ótimo para médio, técnico ou superior. Já o trainee é direcionado para aqueles do curso superior.

E como exatamente isso funciona? Prossiga com a leitura do artigo e entenda um pouco mais sobre as principais oportunidades de trabalho para os jovens!

 

Entendendo primeiro o programa Jovem Aprendiz!

“O desemprego entre os 18 e 24 anos ainda é maior que o dobro do registrado entre a população geral.” (fonte: IBGE)

O programa Jovem Aprendiz, conhecido como Menor Aprendiz, é um programa de aprendizagem que prepara e insere o jovem no mercado de trabalho. Ele foi criado pela Lei 10.097/2000 e regulamentado pelo Decreto 5.598/2005.

Pela lei, as empresas de médio e grande porte devem destinar entre 5-15% das suas vagas para jovens de 14 a 24 anos. Eles devem ser estudantes de ensino fundamental, médio, técnico ou que já se formaram.

Os jovens recebem um contrato de trabalho, com remuneração de salário mínimo-hora e duração de até 2 anos. Pela carteira assinada, tem direito a férias, FGTS e outros benefícios comuns a qualquer assalariado.

Contudo, eles não trabalham pelo mesmo tempo, sendo a jornada de trabalho reduzida: até 6 horas, no máximo 8 horas se já tiver concluído o ensino médio.

Obs: caso seja uma Pessoa com Deficiência, não há limitação de idade para participar do Menor Aprendiz!

 

Como conseguir entrar no programa de aprendizagem?

Primeiro, você deve buscar na internet por vagas para Jovem Aprendiz, principalmente em sites como Catho ou Infojobs. Você pode buscar diretamente pelas empresas ou escolher aleatoriamente.

Outra opção é se cadastrar em instituições que preparam jovens para o mercado de trabalho, como o CIEE. É só acessar o site, se inscrever e verificar a disponibilidade de vagas para Jovem Aprendiz.

Depois, separe a documentação exigida (CPF, RG, comprovante de residência, comprovante de matrícula, etc) e monte um currículo que destaque sua escolaridade.

Após entrar numa empresa, você terá uma formação dividida entre:

  • Conhecimento teórico em instituições qualificadoras (é responsabilidade da empresa matricular os jovens aprendizes)
  • Conhecimento prático na empresa que o contratou


Qual é a diferença do programa de estágio?

O programa de estágio é parte da composição do projeto pedagógico de um curso, seja na educação básica ou na superior. Ele foi regulamentado pela Lei 11.788/2008 e pode ser praticado em dois modelos:

  • Estágio obrigatório: o estágio obrigatório se trata de horas necessárias para a conclusão do curso ou programa, podendo ser remunerado ou não
  • Estágio não-obrigatório: o estágio não-obrigatório é opcional e geralmente tem bolsa-auxílio, custo de transporte e férias

Podem participar do estágio estudantes com 16 anos ou mais, que estejam matriculados e frequentando ensino médio, técnico, superior, profissional ou EJA. Porém, não há carteira assinada, não tendo então vínculo empregatício.

A jornada de trabalho não pode exceder 6 horas por dia ou 30 horas semanais. Além disso, as empresas com mais de 25 colaboradores não podem ter 20% do seu quadro de funcionários composto apenas de estagiários.

 

Como conseguir entrar num programa de estágio?

O processo não difere muito do Jovem Aprendiz, começando pela busca por vagas para estágio. Após ser contratado, preencha os documentos de estágio da sua faculdade, de forma que ele seja reconhecido como horas na sua carga horária.

 

E qual é a diferença do programa de trainee?

O programa de trainee é totalmente diferente dos outros dois, sendo voltado para estudantes recém-formados ou no final do curso superior. Ele tem duração média de 6 meses a 1 ano e a jornada de trabalho é igual a dos outros colaboradores.

Mesmo com o trainee sendo iniciante, ele costuma ser bem remunerado, sendo contratado com carteira assinada. Dessa forma, também tem todos os direitos devidos.

Com isso, é fácil de perceber que é um programa voltado para atrair e reter jovens talentosos. E por essa razão, costuma ter os processos seletivos mais acirrados.

 

Como conseguir entrar num programa de trainee?

O primeiro passo é buscar por processos seletivos abertos para trainee, sendo possível se inscrever em mais de um. Leia com atenção os pré-requisitos exigidos e se prepare com mais afinco para a prova, treinando:

  • Fluência em outro idioma
  • Raciocínio lógico
  • Capacidade de trabalhar em equipe

Também se prepare bastante para a sua entrevista de emprego, que deve ser sucinta e natural.

 

Conclusão

Se você busca uma oportunidade de trabalho, vai encontrar no programa Jovem Aprendiz, estágio ou trainee. Contudo, avalie qual faz mais sentido para a sua realidade e nível de capacitação!