João Pessoa 28.13ºC
Campina Grande 27.9ºC
Patos 32.03ºC
IBOVESPA 124305.57
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
EUA: Motorista avança com SUV contra desfile de Natal e deixa ao menos 5 mortos e 40 feridos; Vídeo
22/11/2021 / 11:41
Compartilhe:

Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas, entre as quais crianças, quando um veículo atravessou um desfile de Natal em Waukesha, no estado norte-americano do Wisconsin, na tarde deste domingo (21).

Até o momento, as autoridades dos Estados Unidos não classificaram o atropelamento como um ato de terrorismo. O atropelamento ocorreu às 16h39, no horário local.

“Neste momento, podemos confirmar que cinco pessoas morreram e mais de 40 estão feridas”, informou uma publicação na conta da câmara da cidade, na qual se ressalva que os números “podem mudar” à medida em que mais informações são recolhidas.

O veículo utilizado no ataque, um SUV de cor vermelha, foi recuperado e uma pessoa foi detida.

Vários vídeos publicados nas redes sociais mostram um carro atravessando o local do desfile em alta velocidade.

O chefe da polícia local, Daniel P. Thompson, afirmou que os seus investigadores ainda trabalham para identificar as vítimas. De acordo com Thompson, há neste momento “uma pessoa de interesse sob custódia”. Todavia, não foi confirmado se se trata do condutor do veículo.

“Esta é ainda uma investigação em curso”, acrescentou, em declarações a jornalistas.

https://twitter.com/JonCover2/status/1462616319182860289?s=20

Disparos da polícia

Um policial de Waukesha disparou contra o veículo, numa tentativa de detê-lo, mas ninguém teria sido atingido, ainda segundo as autoridades norte-americanas.

O local “encontra-se agora a salvo e seguro”, afirmou o chefe da polícia.

Escolas fechadas

A polícia indicou que todas as estradas no local do atropelamento vão permanecer fechadas durante 24 horas, pelo menos, assim como o comércio.

O Distrito Escolar de Waukesha mandou fechar nesta segunda-feira (22) todas as a escolas.

No Twitter, o governador do Wisconsin, Tony Evers escreveu que rezaria por Waukesha “e todas as crianças, famílias e membros da comunidade atingidos por este ato sem sentido”.

Da Agência Brasil