João Pessoa 27.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 33.13ºC
IBOVESPA 124474.36
Euro 5.6025
Dólar 5.1676
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
Ex-prefeito de Lagoa Seca quer incentivo ao empreendedorismo: “Prefeitura e Estado não podem ser cabides de emprego”
14/10/2022 / 08:06
Compartilhe:

O ex-prefeito de Lagoa Seca Fábio Ramalho (PSDB) é um dos novos deputados na Assembleia Legislativa para a próxima legislatura. Ele foi eleito com 48.260 votos, sendo que 11.066 foram obtidos na cidade que administrou. Fábio se apresenta como um defensor de uma política de incentivo ao empreendedorismo.

Para o novo integrante da Casa Epitácio Pessoa, essa é uma forma de evitar que as pessoas dependam de empregos em órgãos públicos. Fábio revelou que essa política foi implantada durante sua gestão em Lagoa Seca. “Hoje o município tem 14 grandes restaurantes, uma gastronomia que dá gosto. Começamos a preparar a cidade para um empreendedorismo bem maior … Prefeitura e Estado não podem ser cabides de emprego”.

Ele lembrou que quando assumiu a gestão, no quadro de funcionários tinha mais de 300 prestadores. Em 2020, eram 67 prestadores serviço. Fábio destacou que essa redução foi fruto de uma ação de incentivo ao empreendedorismo na cidade.

O deputado eleito começou a pensar no projeto para se lançar candidato ainda em novembro do ano passado, quando deu início a conversar com lideranças políticas, mostrando o trabalho que estava desenvolvendo na cidade e os resultados.

Lagoa Seca é a única cidade do país 100% pavimentada … Renunciei tendo a maior aprovação de prefeito do Brasil, com 94,2%”, observou, durante entrevista ao programa F5online, na rádio Pop FM.

Uma das ações citadas por ele foi a da compra de alimentos plantados pela agricultura familiar para destinar à escolas do município. Conforme informou, a gestão também se responsabilizava pelo corte de terra, doação de sementes e por construir barragens, completando uma cadeia de incentivo.

Confira a entrevista completa: