23.1 C
João Pessoa

Ex-presidente da Argentina vira réu em caso de espionagem

A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (1º) pelo juiz Martín Bava, que a defesa do ex-líder argentino quer que seja afastado do caso, por considerar que ele age com motivações políticas.

O ex-presidente da Argentina Mauricio Macri virou réu por supostamente ter espionado famílias dos 44 marinheiros mortos do submarino militar ARA San Juan em 2017, quando ocupava a presidência.

A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (1º) pelo juiz Martín Bava, que a defesa do ex-líder argentino quer que seja afastado do caso, por considerar que ele age com motivações políticas.

Leia Também

Em sua sentença, segundo a agência de notícias Telam, Bava argumentou que, após análise das provas e interrogatório, Macri “aparentemente” é “criminalmente responsável pelo crime de ter ordenado ações de inteligência proibidas” contra familiares das vítimas do acidente.

Com isso, Macri não poderá deixar a Argentina, medida que será aplicada quando ele retornar do Chile, onde se encontra atualmente, e sofrerá um embargo sobre seus bens de 100 milhões de pesos (cerca de 875 mil euros).

De acordo com a investigação, a suposta espionagem teria acontecido entre 2017 e 2018, com o objetivo de obter dados e informações pessoais das famílias e parentes dos 44 tripulantes do ARA “San Juan”, o submarino da Marinha argentina que desapareceu em novembro de 2017 e foi encontrado afundado um ano depois.

Terra

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

MADRUGADA DE TERROR: tiroteio e correria na Praça da Paz, nos Bancários; veja o vídeo

A madrugada não foi nada tranquila na Praça de Paz, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Vídeos que circulam...

UNIMED nega testes da Covid para usuários do plano em João Pessoa

Em recente comunicado da Unimed João Pessoa para seus clientes, a operadora diz que há escassez de insumos necessários para realização de testes Covid....

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

Suspeito de tentar assaltar policial militar é morto durante troca de tiros em João Pessoa

Um homem foi morto a tiros na tarde deste sábado (22), ao tentar assalta um policial militar na Praia do Sol, em João Pessoa....

Unimed-JP nega suspensão dos serviços de telemedicina em sua plataforma

O presidente da Unimed João Pessoa, Gualter Ramalho, disse nesta terça-feira ao portal F5 Online que não houve suspensão nos serviços de telemedicina da Cooperativa e sim uma expansão de atendimento.  Em nota enviada à redação do F5, Gualter Ramalho diz que "Em momento algum houve suspensão ou paralisação no atendimento dos serviços de medicina pela Unimed João Pessoa". 
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#