João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 22.7ºC
IBOVESPA 128150.71
Euro 5.5439
Dólar 5.1031
Peso 0.0058
Yuan 0.7064
Falta de dinheiro e família tradicional “atrasam” entrada de Fernanda Albuquerque na política
14/06/2022 / 14:58
Compartilhe:

A apresentadora Fernanda Albuquerque (União Brasil) revelou sempre ter tido vontade de entrar para a política, mas que nunca recebeu convite. “Era uma coisa que me incomodava”, disse ao citar seu desejo de buscar um mandato para trabalhar pelos paraibanos, mas que não via portas abertas ou convites.

Ela acredita que esse ‘chamamento’ para disputar um cargo eletivo nunca ocorreu por não ser de família tradicional da política no Estado e “também não sou milionária, então pra não tem convite e isso ficou adormecido dentro de mim, até porque eu também não iria bater na porta de ninguém. Quem pede deve favor e eu não peço, então não devo”, disparou, durante entrevista ao programa Arapuan Verdade.

A apresentadora, que é pré-candidata a deputada federal, foi sondada por nove partidos, mas só sentiu segurança em se filiar ao União Brasil.

Para Fernanda o ingresso na política tem alguns propósitos. Um deles é de desconstruir a crença de que ninguém que consegue ser eleito cumpre com o que diz e acaba se desviando.

A apresentadora disse que também não está entrando para a disputa não para o partido cumprir a porcentagem estabelecida por lei. “Nem quero ser calda de ninguém porque não acredito em sereia”, disse.