João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 24.41ºC
IBOVESPA 121802.06
Euro 5.7486
Dólar 5.2896
Peso 0.0059
Yuan 0.7298
Festa das Neves começa com apresentação do Padre Fábio de Melo
27/07/2022 / 06:39
Compartilhe:

A 437ª Festa das Neves começa oficialmente nesta quarta-feira (27). A abertura da festa será com a celebração da Santa Missa, às 18h30. Já às 20h30, tem apresentação do Padre Fábio de Melo, no Parque Solon de Lucena. O evento segue até 05 de agosto, aniversário de João Pessoa e dia da padroeira Nossa Senhora das Neves.

Nesta edição, uma das novidades é a encenação da peça O Milagre das Neves, a partir da quinta-feira (28). O espetáculo mobiliza mais de 100 profissionais entre artistas e técnicos. Os figurinos e cenários para o espetáculo, que será encenado até o dia 31 de julho, às 20h, na Catedral Basílica, estão sendo criados por costureiras e artistas visuais, sob o olhar de Sanzia Márcia e Geóstenys Melo.

A equipe está produzindo, no Núcleo de Arte Contemporânea (NAC) da UFPB, cenário, adereços e figurinos que os artistas vão usar na peça, escrita e dirigida pelo teatrólogo Tarcísio Pereira e compõe a programação da 437ª Festa das Neves.

Marcus Alves, diretor executivo da Funjope, disse que a festa foi muito conversada com a Arquidiocese da Paraíba, por meio da Catedral de Nossa Senhora das Neves. Ele afirmou que a experiência construída resgata os valores religiosos, mas também de formação da cidade de João Pessoa.

“Pela primeira vez, estamos contando a história de Nossa Senhora das Neves através do teatro, uma ação que está dinamizando a cena teatral da cidade e trazendo um aspecto novo para a festa. Estamos construindo uma narrativa histórica importante, que a cidade ainda não teve. Isso é gratificante”, avaliou.

Com esse trabalho, a Funjope mostra como o espetáculo mobiliza profissionais de teatro, cenografia, figurino, objetos, iluminação, além dos 82 atores e atrizes no palco. Somados à equipe técnica e de criação, há mais de uma centena de profissionais envolvidos, entre eles, 21 atores, 24 coralistas, 20 instrumentistas, um regente e 16 bailarinos.