João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 29.84ºC
IBOVESPA 119630.44
Euro 5.84
Dólar 5.4355
Peso 0.006
Yuan 0.749
Festa no Terreiro: Prefeito é preso em operação da PF contra esquema de licitações fraudulentas na Paraíba
15/08/2023 / 07:23
Compartilhe:

A Polícia Federal, com a colaboração do GAECO/MPPB, deflagrou na manhã desta terça-feira (15/8) a operação “Festa no Terreiro 2”, com o objetivo de combater esquema de direcionamento de licitações, desvios de recursos públicos, corrupção e lavagem de dinheiro.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, sendo cinco no município de Patos e um no município de São Mamede, além de quatro mandados de prisão preventiva.

O prefeito de São Mamede, Umberto Jefferson, foi um dos presos na operação.

Também foi determinado o afastamento de dois servidores de seus cargos públicos e o sequestro de bens no valor equivalente a R$ 5.187.359,94 (cinco milhões, cento e oitenta e sete mil, trezentos e cinquenta e nove reais e noventa e quatro centavos).

Todas as medidas judiciais foram determinadas pelo desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Umberto Jefferson, prefeito de São Mamede – Foto: Reprodução

Trata-se da segunda fase da operação Festa no Terreiro, deflagrada em março, onde foram apreendidos documentos e mais de R$ 250 mil em espécie na casa de um dos alvos.

O nome da operação é uma referência ao linguajar utilizado pelos investigados ao combinar o resultado de licitações.

Os crimes investigados são os previstos no art. 337-F (frustração do caráter competitivo de licitação), art. 337-J (violação de sigilo em licitação), art. 337 (afastamento de licitante), art. 337 (fraude em licitação ou contrato), art. 312 (peculato), art. 317 (corrupção passiva) e art. 333 (corrupção ativa), todos do Código Penal, bem como no art. 1º, §1º, II, da Lei nº 9613/98 (lavagem de dinheiro).