João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 27.76ºC
IBOVESPA 128293.61
Euro 5.9193
Dólar 5.4398
Peso 0.0059
Yuan 0.7501
II Acampamento Inclusivo será apresentado à imprensa na próxima quinta-feira (30), em João Pessoa
25/11/2023 / 18:08
Compartilhe:

Entre os dias 13 e 15 de dezembro, a Associação Nacional para Inclusão Digital (ANID) realizará o II Acampamento Inclusivo na Aldeia Alto do Tambá, na Baía da Traição – PB. O evento se propõe a ser um espaço de diálogo e intercâmbio, reunindo uma diversidade de participantes, desde especialistas em tecnologia até representantes de povos indígenas, estudantes das redes pública e privada, instituições governamentais, organizações não-governamentais e a população em geral. O lançamento oficial do evento para imprensa e autoridades será na próxima quinta-feira(30), durante um almoço num restaurante da capital paraibana, localizado no bairro do Bessa.

Baía da Traição, localizada no litoral norte da Paraíba, abriga uma população significativa de indígenas da etnia Potiguara, conhecidos por sua resistência histórica contra a invasão portuguesa no século XVI. Com cerca de 19 mil indígenas distribuídos entre as aldeias e as cidades de Baía da Traição, Marcação e Rio Tinto, os Potiguara ocupam uma área estratégica entre os rios Camaratuba e Mamanguape.

“A inclusão digital no Brasil é uma realidade em constante evolução, mas a distribuição desse avanço ainda não é uniforme. Dados do IBGE revelam que um em cada quatro brasileiros enfrenta a falta de acesso à internet, impactando diretamente na educação, comunicação e acesso à informação, especialmente nas áreas rurais”, destacou o Presidente da Anid, Percival Henriques.

(Foto: Divulgação)

Programação – O II Acampamento Inclusivo busca abordar essas disparidades, concentrando esforços em promover debates, apresentar propostas relevantes e oferecer oportunidades de aprendizado. A programação diversificada incluirá mesas de debates, palestras, oficinas de robótica, oficinas indígenas, observação dos astros com telescópios, festival cultural com música e gastronomia, além do destaque para o desfile da beleza indígena.

A iniciativa é resultado de uma colaboração entre a ANID, a Secretaria de Educação da Baía da Traição e o Governo do Estado da Paraíba, contando com o apoio essencial da Prefeitura Municipal da Baía da Traição e do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). Este esforço conjunto representa um passo significativo em direção a um Brasil digitalmente inclusivo e equitativo, especialmente nas regiões que mais necessitam desse avanço.

“A expectativa é que o evento proporcione um ambiente propício para a troca de experiências, conhecimentos e a promoção de práticas inclusivas, fortalecendo a conexão entre as diversas comunidades participantes. O II Acampamento Inclusivo surge como uma oportunidade única de construir um futuro mais acessível e igualitário, unindo esforços em prol da inclusão digital e cultural”, reforça Percival.