João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 23.69ºC
IBOVESPA 120767.19
Euro 5.7467
Dólar 5.3436
Peso 0.0059
Yuan 0.7374
‘Inteligência artificial e cibersegurança’ é tema do primeiro painel da Expotec nesta segunda (07)
06/08/2023 / 19:51
Compartilhe:

Há relação entre inteligência artificial e cibersegurança? A integração de ambos, pode trazer benefícios para as empresas e, ao mesmo tempo, pode exigir cuidados levando em consideração os possíveis riscos e desafios. Para debater estes aspectos, será debatido na mesa que abre a programação do primeiro dia de atividades da Expotec, nesta segunda-feira, dia 07, das 10 h às 11h30min, na sala Tambaú, no Centro de Convenções, com os especialistas das duas áreas como a professora Thaís Gaudêncio e o delegado de polícia civil, João Ricardo Moreira, com mediação do Presidente da Associação Nacional para a Inclusão Digital- ANID-PB, Percival Henriques.

Na opinião da professora Thaís Gaudêncio, que coordena o Laboratório de Aplicações de IA do Departamento de Computação da UFPB,“a Inteligência Artificial não é uma solução mágica para a cibersegurança. Se faz necessário um esforço conjunto para proteger as empresas e indivíduos de ameaças virtuais”. Ela acrescentou que a aplicação da IA na área deve ser feita com cuidado e responsabilidade”.

Desta forma, Thais ressaltou que pretende na mesa redonda, com os outros integrantes discutir tópicos, como a expansão das possibilidades da inteligência artificial na detecção de ameaças e automação de processos manuais; no seu potencial em ataques cibernéticos, criando novas vulnerabilidades e ameaças e sobre a necessidade de preparação e proteção contra esses ataques, e a importância de equipes de segurança da informação no entendimento de ferramentas inteligentes e especializadas para proteger as empresas de ameaças virtuais.

“Será uma oportunidade para debater os desafios e oportunidades da inteligência artificial na cibersegurança e como podemos nos preparar para um futuro cada vez mais tecnológico”, destacou a professora Thaís.

Atualmente o número de dispositivos móveis conectados à internet continua crescendo aceleradamente. Junto a isso, estão vulneráveis também aumentam os riscos de ciberataques com o intuito de roubar informações de empresas, instituições e de pessoas físicas. Para o delegado, João Ricardo, ao integrar a IA aos sistemas de segurança é possível automatizar os processos de verificação de ataques, podendo torná-los mais seguros ao reduzir a carga de trabalho dos especialistas de TI e aumentar a eficiência na identificação de ameaças.

Segundo João Ricardo, há realmente preocupações dos riscos e vulnerabilidades ao navegar na Internet. A exposição da privacidade no ambiente virtual e a utilização da engenharia social para o cometimento de crimes através de aplicações de redes sociais, dentre outras. “É possível gerenciar estes crimes, encontrando um equilíbrio para eliminá-los. A IA pode ser utilizada por cibercriminosos para executar ataques mais sofisticados e difíceis de identificar. Mas também contribuir para a mitigação de ataques cibernéticos complexos, garantindo a segurança das informações corporativas”.
Nesse cenário, acrescentou, “as empresas precisam estar prontas investindo em novas condições técnicas e conhecimentos específicos para implementar as melhores soluções de proteção”, concluiu João.

Thaís Gaudêncio – É doutora em Ciência da Computação pelo Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (2012). Atualmente é professora associada da Universidade Federal da Paraíba e é uma das coordenadoras do ARIA (LABORATÓRIO DE APLICAÇÕES EM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL) da UFPB. Tem experiência como professora e pesquisadora em Inteligência Artificial e suas aplicações.

João Ricardo Moreira Monteiro da Franca Júnior – É mestrando em Direito Penal e Ciências Criminais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Pós Graduado em Direito Penal e Processual Penal pela UCDB. Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa (2007). Atualmente é delegado da Polícia Civil do Estado da Paraíba.

Expotec 2023 

Feira e Congresso de Tecnologia é gratuita e acontecerá entre os dias 06 a 11 de agosto, no Centro de Convenções, em João Pessoa. É uma realização da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid), com o Governo do Estado da Paraíba e apoio do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br/NIC.br). Este ano tem como evento parceiro o 43º Congresso da Sociedade Brasileira de Computação.