João Pessoa 28.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 32.92ºC
IBOVESPA 127060.43
Euro 5.8537
Dólar 5.4182
Peso 0.0059
Yuan 0.7451
João Azevêdo participa de voo inaugural da Azul em Patos e destaca desenvolvimento do Sertão
08/08/2021 / 19:06
Compartilhe:

O governador João Azevêdo participou, neste domingo (8), em Patos, no Sertão paraibano, do início das operações da Azul Linhas Aéreas. O voo inaugural é um marco histórico e reflete uma série de investimentos do Estado na região do Sertão.

João desembarcou no Aeroporto Brigadeiro Firmino Ayres, em Patos, às 14h10, vindo do Aeroporto Internacional de Recife, onde também ocorreu solenidade de inauguração da chegada da Azul ao Sertão paraibano, com o batismo da aeronave pelo Corpo de Bombeiros.

A viagem contou com a presença do prefeito de Patos, Nabor Wanderley, do deputado federal Hugo Motta, além de mais lideranças políticas e empresariais da região.

Lideranças políticas inauguram voo de Recife para Patos operado pela Azul – Divulgação

A partir de hoje, os sertanejos contarão com voos diários para Recife, de onde poderão se conectar com toda a malha nacional e internacional da Azul, promovendo o desenvolvimento econômico e o turismo de Patos e de outros municípios da região.

“Estamos numa data que será histórica para o Sertão, não apenas pela facilidade que agora a região tem de se conectar com o mundo inteiro, mas porque o potencial de um lugar demanda muito mais conexões, muito mais logística, muito mais transporte. E esse voo inaugural que nós temos a honra de participar neste momento vai exatamente nessa direção”, disse o governador João Azevêdo.

“Nós sabemos o potencial de produção, de geração de energia eólica, solar, de grandes grupos que estão aqui investindo. Eu não tenho dúvida nenhuma de que esse voo é a redenção de toda essa região”.

O prefeito de Patos, Nabor Wanderley, disse que o negócio representa um novo momento para Patos. “A partir de hoje começamos a construir uma nova história de progresso, de desenvolvimento, com mais investimentos, com uma nova realidade”, comentou.

Já o deputado federal Hugo Motta disse que a chegada da Azul ao Sertão representa a realização de um sonho. “Um sonho não do deputado Hugo Motta, do governador João Azevêdo ou do prefeito Nabor Wanderley, mas de um município, de uma região. Patos, a partir de hoje, vai ter a oportunidade de se aproximar dos principais centros do País e do mundo”, disse, lembrando que essa era uma demanda de anos.

César Grandolfo, representante da Azul, explica que os voos ocorrerão diariamente, exceto aos sábados. “Hoje a Azul Linhas Aéreas é a empresa que tem o maior número de destinos atendidos no Brasil, e o nosso DNA é a aviação regional. É por isso que estamos aqui”.

Investimento

João Azevêdo destacou, ainda, que o aeroporto de Patos receberá investimentos da ordem de R$ 35 milhões, promovendo mais segurança e a chegada de linhas internas, ligando João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras.

“Para chegar a esse momento, do voo inaugural da Azul, foram criadas as condições. É o que estamos fazendo também com relação a essa rota interna”, acrescentou.

Fotos: Francisco França/José Marques

Sertão faz história

Com o início das operações da Azul em Patos, a região do Sertão paraibano passa a se conectar com o mundo a partir do Aeroporto de Recife, capital pernambucana, e entra para a história com mais possibilidade de desenvolvimento econômico e turístico.

Os voos serão realizados, inicialmente, com aeronaves da Azul Conecta, modelo Cessna Gran Caravan, com capacidade para até nove clientes.

Os voos partirão de Recife, diariamente, às 22h30 – horário estratégico que contempla a chegada das conexões de voos vindos de todo o Brasil -, com pouso em Patos previsto para as 23h45.

O governador João Azevêdo acompanhado do prefeito de Patos, Nabor Wanderley e do deputado federal Hugo Motta – Divulgação

Já os voos de volta, de Patos para Recife, partirão à 0h10, com pouso previsto na capital de Pernambuco à 1h35.

“Antes, um familiar teria que pegar a estrada até Recife para trazer o carro de volta, com gastos que muitas vezes chegavam a R$ 400 com combustíveis. Com esse voo, a região ganha mais comodidade, qualidade de vida”, destacou o secretário da Articulação Social de Patos, Sávio Salvador.

Hugo Motta e João Azevêdo – Divulgação