João Pessoa 28.13ºC
Campina Grande 25.9ºC
Patos 26.98ºC
IBOVESPA 125946.09
Euro 5.4435
Dólar 5.1177
Peso 0.0059
Yuan 0.7071
João Pessoa terá ‘Dia D’ de vacinação contra dengue no sábado
27/03/2024 / 12:09 / Redação
Compartilhe:
João Pessoa realiza ‘Dia D’ de vacinação contra dengue neste sábado – Foto: Agência Brasil

Com a previsão e estratégia de redistribuição das vacinas da dengue, determinado pelo Ministério da Saúde (MS), a prefeitura de João Pessoa realiza, no sábado (30), um ‘Dia D’ de vacinação para crianças e adolescentes na faixa etária de 10 a 14 anos.

Neste ‘Dia D’, os pontos móveis também estarão ofertando a vacina contra influenza para as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários.  

Neste sábado, a ação preventiva com vacinação será realizada nos pontos móveis que funcionam no Shopping Sul, no bairro do Bancários, com assistência das 10h às 16h, além do Home Center Ferreira Costa, às margens da BR-230, das 8h às 16h, e também no Shopping Tambiá, das 9h às 16h.  

Desde quando começou a campanha de vacinação contra a dengue, os profissionais de saúde da capital vacinaram 11.681 pessoas com a primeira dose do imunizante. A segunda dose deve ser administrada com intervalo de 90 dias entre elas. Caso a criança ou adolescente tenha sido diagnosticada com dengue, é necessário aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal.  

Além da vacinação, o combate aos focos do mosquito Aedes aegypti nos espaços públicos e dentro das residências são fundamentais. Um outro cuidado que continua sendo prioritário é o uso do repelente.

Onde se vacinar em João Pessoa

De segunda a sexta-feira, as doses Qdenga e todos os outros imunizantes contemplados no Programa Nacional de Imunização estão disponíveis nas salas de vacina da rede municipal, localizados nas Unidades de Saúde da Família, Centro Municipal de Imunização e policlínicas. Já os três pontos móveis (Shopping Sul, Home Center Ferreira Costa e Shopping Tambiá) funcionam de segunda a sábado, atendendo exclusivamente os grupos prioritários com a vacina contra a influenza.  

Casos da doença na capital

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) já notificou 2.787 casos de arboviroses este ano. Só no mês de janeiro, foram 574 casos notificados, enquanto em fevereiro 1.419 notificações. Até o dia 20 de março, haviam sido notificados 794 casos. Entre esses está o óbito de uma criança de 1 ano e 4 meses de idade por chikungunya.  

Documentos para se vacinar

Para vacinação contra a dengue, basta o usuário levar a caderneta de vacinação e um documento oficial. Para influenza e covid-19, é necessário levar, além do cartão de vacina, os documentos comprobatórios de cada grupo. Os profissionais que se enquadram na ampliação dos grupos prioritários deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua. Já pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico.