João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 26.22ºC
IBOVESPA 121802.06
Euro 5.7486
Dólar 5.2896
Peso 0.0059
Yuan 0.7299
Lula culpa discurso de ódio de Bolsonaro por assassinato de líder petista em Foz
10/07/2022 / 13:13
Compartilhe:

O ex-presidente Lula lamentou o assassinato do líder do PT em Foz de Iguaçu (PR), o policial municipal Marcelo Arruda, e culpou o discurso de ódio do presidente Bolsonaro pela tragédia.

Em nota, o partido relatou que, na noite de sábado, Arruda foi assassinado com tiros durante a celebração de seu aniversário de 50 anos por um apoiador de Bolsonaro. A nota do partido relata que a vítima foi assassinada por um apoiador do presidente José da Rocha Guaranho, que também foi alvejado por Arruda.

“Também peço compreensão e solidariedade com os familiares do agente penitenciário federal José da Rocha Guaranho, que perderam um pai e um marido para um discurso de ódio estimulado por um presidente irresponsável”, escreveu Lula nesta manhã no seu Twitter. “Pelos relatos que tenho, Guaranho não ouviu os apelos de sua família para que seguisse com a sua vida. Precisamos de democracia, diálogo, tolerância e paz”, escreveu o petista.

Em uma rede social, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann afirmou: “Nosso companheiro e amigo Marcelo Arruda, guarda municipal em Foz do Iguaçu, foi assassinado ontem em sua festa de 50 anos. Um policial penal, bolsonarista, tentou invadir a festa com arma. Trocaram tiros. Ambos morreram. Uma tragédia fruto da intolerância dessa turma”

Informações de O Globo