João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 22.86ºC
IBOVESPA 124305.57
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
LUZZCO: Espaço imersivo de arte e cultura do Nordeste chega em João Pessoa-PB
18/08/2023 / 11:45
Compartilhe:

O Luzzco, um dos primeiros espaços de arte e cultura imersiva do Nordeste, está prestes a iluminar a cena cultural de João Pessoa. Com sua estreia marcada para o dia 27 de agosto, o local promete encantar e desafiar os sentidos dos visitantes com exposições inovadoras e experiências únicas.“O Luzzco é o resultado do esforço coletivo da equipe, e esperamos que as exposições inspirem, deslumbrem e geram diálogos significativos”, comenta, Yan Aleksander, diretor de Criação e curador do espaço.

A curadoria das exposições, segundo ele, é uma jornada criativa e dinâmica. Yan explica que as vivências são a matéria-prima para criar exposições que envolvam o público. “Não há definições rígidas. O principal é sempre trazer algum tipo de envolvimento, seja para refletir, contemplar ou literalmente interagir com a cena. Já que é um espaço imersivo, o público é o centro de tudo o que estamos fazendo”, adianta Yan.

Nordeste em cena — Uma das bases do Luzzco é integrar a cultura local e as raízes nordestinas em suas exposições. Yan conta que na exposição Paraíba Extraordinária, a maior parte das artes é assinada pelo fotógrafo paraibano Max Brito. O trabalho é dedicado à arte, à cultura e à sociedade paraibana. “A ideia é sempre mostrar e valorizar o que nós temos de melhor”, acrescenta.

Uma característica distintiva do Luzzco é a ampla variedade de estilos e temas das exposições. Yan destaca que o espaço busca criar uma interação do público com diversos pontos de vista, em vez de focar em uma temática única. “Posso falar sobre o mar, passar para uma exposição contemplativa da Paraíba e outra mais subjetiva sobre sonhos. A ideia é trazer essa pluralidade, e cada um ter a sua própria visão sobre aquilo que está assistindo”, ressalta.

Além das telas — As exposições do Luzzco irão desafiar as fronteiras entre tecnologia e arte. Para isso, utilizam e exploram projeções e modelagem 3D, que mergulham os visitantes em uma realidade alternativa. “As imagens e vídeos viram texturas que saltam aos olhos das pessoas. A tecnologia vem fazer com que a arte não seja só um quadro. No Luzzco vai ter movimento, música, dança e o espectador conseguirá se sentir dentro desse universo”, explica Yan.

O espaço visa desenvolver exposições próprias para propagar o conceito de exposição imersiva pelo Brasil, construir parcerias com artistas de diversos lugares, descobrir e potencializar novos artistas locais cedendo espaço para exposição e democratizar o espaço para acesso de todas as classes sociais. O local vai renovar as exposições a cada quatro meses. “Queremos valorizar nossos artistas, colocando-os no mesmo patamar de artistas renomados nacionais e até globais. Trazer essa pluralidade da arte e esse diálogo para o público de forma efetiva com as novas tecnologias”, destaca o curador.

Exposições — Na estreia do LUZZCO, haverá três espetáculos. Em “Oceano Vivo”, o público submerge nas profundezas do mar. Os animais ditam o ritmo desse espetáculo de luz, movimentos e cores. Em “Surreal”, as imagens conduzem os visitantes a reflexões sobre o externo e o interno, o ritmo da vida e a integração com o mundo ao nosso redor. Já em “Paraíba Extraordinária ”, os visitantes vão experimentar a Paraíba com toda a sua exuberância por meio das sutilezas que transformam o estado em nossa casa. As paisagens, as cores, as texturas e as cenas do cotidiano vão dialogar com o que há de mais íntimo das nossas origens.

Para saber mais, o instagram é: @luzzco .