João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 20.49ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.7331
Dólar 5.4201
Peso 0.0059
Yuan 0.7471
Mais de 40 mil tentativas de fraudes em compras on-line são registradas na Paraíba
01/05/2024 / 08:41
Compartilhe:
Foto: reprodução

Segundo o Mapa da Fraude, relatório da ClearSale, a região foi a que apresentou os índices mais altos relacionados a tentativas de fraudes no Brasil em compras on-line. Foram cerca de 43 milhões de pedidos entre o período de 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2023. O levantamento considerou apenas os pagamentos realizados via cartão de crédito no setor de e-commerce.

A Paraíba, diante dos nove estados da região, aparece em quinto. Dos 3,2 milhões de pedidos on-line, mais de 40,6 mil foram de tentativas de fraudes. Isso representa 1,3% do montante. As tentativas de somaram 42,9 milhões chamando atenção, inclusive, para o ticket médio das tentativas, que é de R$1.056,79.

Confira os números do Nordeste, com a Paraíba:

EstadoPedidosTentativas de Fraude% Qtd. Tentativas de FraudeValor de tentativasTicket Médio das Tentativas
Alagoas2,6 milhões34,2 mil1,3%R$37 milhõesR$1.083,87
Bahia11,4 milhões231,4 mil2%R$233,9 milhõesR$1.010,62
Ceará6,8 milhões108,8 mil1,6%R$100,7 milhõesR$926,09
Maranhão2,7 milhões42,4 mil1,6%R$41,9 milhõesR$992,91
Paraíba3,2 milhões40,6 mil1,3%42,9 milhõesR$1.056,79
Pernambuco8,7 milhões104,6 mil1,2%103,1 milhõesR$985,48
Piauí1,8 milhões22 mil1,2%21,2 milhõesR$963,94
Rio Grande do Norte3,3 milhões64,1 mil1,9%58,5 milhõesR$912,42
Sergipe2,1 milhões23,2 mil1,1%24,5 milhõesR$1.058,09

Perfil da fraude

As tentativas de fraude sinalizadas correspondem a todas as transações classificadas como suspeitas ou confirmadas na região Nordeste. O estudo ainda visualiza que os golpes aconteceram por meio da Invasão de Cadastro (denominada Account Takeover) em clientes de estabelecimentos. Além disso, na Retirada em Loja e cartões gerados. Os itens preteridos para aplicação de golpes por parte dos criminosos são TV/Monitor (5%), celulares (4,5%) e produtos ligados a esportes (2,6%).