João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 23.8ºC
IBOVESPA 127108.22
Euro 5.8559
Dólar 5.4177
Peso 0.0059
Yuan 0.7446
MAIS REFORÇO: João Pessoa inicia aplicação de D4 para imunossuprimidos nesta quinta-feira
12/01/2022 / 17:51
Compartilhe:

A campanha de vacinação contra a Covid-19 da Prefeitura de João Pessoa segue, nesta quinta-feira (13), imunizando a população em 58 postos distribuídos pela cidade. A novidade é a aplicação da quarta dose para os indivíduos imunossuprimidos, que tenham recebido a terceira dose há, pelo menos, 120 dias.

A aplicação da D1 é destinada às pessoas a partir de 12 anos. Estão disponíveis as segundas doses de Coronavac (28 dias após a primeira dose), Pfizer (60 dias) e Astrazeneca (90 dias). Podem tomar a terceira dose a população com idade a partir de 18 anos (120 dias após a segunda dose), imunossuprimidos (28 dias) e os trabalhadores de saúde (120 dias). Também está disponível a segunda dose da vacina Janssen.

Todos os públicos devem realizar o agendamento, que está disponível a partir das 19h desta quarta-feira (12) pelo aplicativo Vacina João Pessoa ou site vacina.joaopessoa.pb.gov.br.

Testagem

A Prefeitura também mantém disponível gratuitamente a testagem para a Covid-19 em dois pontos fixos. Um instalado na Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep) e outro no Laboratório Central de João Pessoa (Lacen-JP), com atendimento ao público de segunda a sexta-feira. O horário de funcionamento da Fiep é das 8h às 12h. Já no laboratório, das 9h às 16h.

O recomendado é que procurem a testagem pessoas que estejam com sintomas gripais para que sejam mais bem definidos os tratamentos que serão recomendados. Para realizar o teste, basta apresentar identidade e CPF, para que seja realizado o registro no sistema.

Passaporte da vacina

Em consonância com a lei estadual 12.083/21, é obrigatório apresentar o cartão de vacinação para entrada em estabelecimentos comerciais e outros ambientes. Por isso, a Prefeitura de João Pessoa reforça a importância da imunização contra Covid-19.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta os imunossuprimidos sobre a necessidade de apresentação de laudo médico, que ficará retido no local a fins de comprovação.