João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 22.86ºC
IBOVESPA 124305.57
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
Marketing de Guerrilha: Saiba o que é e como utilizá-lo
31/08/2022 / 17:28
Compartilhe:

O marketing de guerrilha é uma estratégia que tem como foco a publicidade criativa, porém pouco convencional de uma solução. Essa estratégia foi criada pelo publicitário Jay Conrad Levinson, no final dos anos 1970 e vem sendo aplicada até hoje.

Faz parte da essência do ser humano se reinventar e procurar oportunidades para encontrar soluções criativas e inovadoras. Na hora de divulgar produtos e serviços, a criatividade também se mostra muito importante.

Fazer marketing, independentemente do tipo, é um excelente caminho para colocar a inovação em prática, e uma das que estão em alta no momento é exatamente o marketing de guerrilha.

Ele foi inspirado pelas táticas alternativas usadas durante a guerra do Vietnã e causa grandes impactos, mesmo que não seja necessário gastar muito.

A possibilidade de investir em uma boa estratégia sem gastar rios de dinheiro parece uma ótima opção, principalmente para os pequenos negócios. No entanto, antes de colocá-lo em prática, é necessário entender um pouco mais sobre o assunto.

Pensando nisso, neste artigo, você vai entender o conceito de marketing de guerrilha, como utilizá-lo e quais são as vantagens trazidas por ele.

Definição de marketing de guerrilha

Marketing de guerrilha é uma estratégia que tem como foco a publicidade criativa e fora dos padrões convencionais, para divulgar produtos e serviços, sendo um pouco mais agressiva do que outras maneiras de divulgação já conhecidas.

O nome dessa prática se originou no final dos anos 1970, por meio do publicitário estadunidense conhecido como Jay Conrad Levinson, inspirado pela guerra do Vietnã.

Isso porque mesmo tendo poder de fogo menor, os vietnamitas conseguiram superar suas limitações, por meio de táticas que surpreendiam os adversários.

Ao investir nas estratégias de marketing inspiradas nessa guerra, uma loja de móveis para escritório de contabilidade aumenta o impacto de suas ações sobre o público, embora o investimento seja mais baixo.

Como aplicar o marketing de guerrilha

Agora que você já conhece o conceito dessa estratégia, chegou o momento de saber como aplicá-la. Entenda que os impactos podem ser tanto positivos quanto negativos, portanto, é fundamental ter cuidado com sua aplicação.

Contudo, existem algumas estratégias que podem ajudar a transformar essa metodologia em um grande sucesso. São elas:

  • Conhecer os clientes;
  • Fazer parcerias;
  • Investir em uma boa execução;
  • Preservar as origens da marca;
  • Ser original;
  • Atentar-se às emoções;
  • Avaliar os resultados.

Para aprofundar um pouco mais a respeito de cada tópico, é importante saber alguns detalhes para garantir o entendimento, e eles serão dados em seguida.

1. Conhecer os clientes

A primeira coisa a ser feita é conhecer os detalhes sobre o público que deseja impactar. Isso diz respeito tanto aos clientes atuais quanto àqueles que possam se interessar pelos produtos e serviços.

A companhia precisa levar em conta a persona do negócio e a partir disso escolher as estratégias.

Esse cuidado é muito importante para evitar que os investimentos nessa prática se tornem um fracasso por não se relacionarem com os valores e interesses do público.

2. Fazer parcerias

Uma clínica especializada em harmonização do rosto homem pode fazer parcerias para investir em marketing de guerrilha.

Uma das coisas mais comuns no marketing digital é encontrar um parceiro para criar conteúdos valiosos que serão publicados nos sites e blogs dos parceiros.

Entretanto, essas parcerias não precisam ser voltadas apenas para o marketing na internet, visto que, independentemente da ação, seu negócio pode agir em conjunto com outro.

3. Investir em uma boa execução

Muitas campanhas de marketing que não funcionam não apresentam problemas durante o planejamento, mas sim no modo como são executadas.

Isso significa que depois de definir de que maneira vai atrair e impactar o público, pense sobre os detalhes do que será necessário fazer para que sua ideia seja um sucesso.

Se quiser contar com a ajuda de um parceiro, reúna-se com ele para dividir as tarefas e decidir como as coisas vão acontecer. Uma maneira de organizar o passo a passo de sua campanha é fazer uma lista e segui-la rigorosamente.

4. Preservar as origens da marca

Não é necessário seguir uma única fórmula para fazer marketing de guerrilha. Na verdade, apegar-se a uma única prática é algo que deve ser evitado.

Pense, por exemplo, no caso de uma marca de vinho tinto suave doce. Enquanto algumas campanhas podem ser muito engraçadas, outras podem ser uma provocação ou até um desafio, enquanto existem aquelas que abordam assuntos sérios.

Uma única fórmula não é capaz de compor tantas mensagens diferentes, mesmo assim, não tente fugir das origens da marca. Ou seja, se o segmento permite adotar uma linguagem mais leve, siga por esse caminho.

Cabe à equipe de marketing se adaptar conforme for necessário e com isso alcançar um resultado totalmente autêntico.

5. Ser original

Outro elemento muito importante do marketing de guerrilha é ser original, pois nenhuma marca consegue se destacar copiando estratégias que deram certo para outras empresas.

Mesmo que determinada campanha pareça fazer sentido para o negócio, se já foi usada por outra companhia, não vale a pena.

O verdadeiro marketing de guerrilha feito por uma empresa de treinamento para condutores habilitados preza pela originalidade.

Porém, isso não quer dizer que o negócio não deva procurar inspiração em casos de sucesso, muito pelo contrário, eles podem servir para aguçar a criatividade e trazer ideias interessantes para o projeto.

Procure aprender com o que foi feito por outras marcas, mas crie suas próprias ações para não ficar com fama de imitador.

6. Atentar-se às emoções que provoca

Um dos objetivos do marketing de guerrilha é provocar emoções, mas a empresa precisa saber que tipo de emoção quer despertar nas pessoas.

Ao divulgar uma marca, seus produtos e serviços, é possível apostar em diferentes abordagens, como campanhas mais sérias, chocantes, engraçadas, e assim por diante.

No entanto, uma campanha séria só é feita quando o tema a ser tratado é realmente urgente. Agora, se o propósito for promover espetinho para aniversario, vale a pena apostar em ideias mais descontraídas e leves.

As pessoas associam as empresas a sentimentos que podem ser bons ou ruins, e é assim que vão se atrair ou não pela proposta da companhia.

7. Avaliar os resultados

Assim como qualquer outra estratégia, o marketing de guerrilha também precisa ter seus resultados avaliados. Suas ações parecem ser espontâneas e isso acaba levantando algumas dúvidas na hora de avaliar os resultados.

No entanto, é perfeitamente possível fazer essa mensuração por meio de ferramentas de monitoramento usadas para acompanhar as redes sociais.

Essas plataformas são ótimos canais para investir em campanhas de guerrilha, uma vez que distribuem as mensagens rapidamente. Procure usar as métricas que já avalia no negócio, isolando o período da campanha com o desempenho normal mais recente.

Vantagens do marketing de guerrilha

Tanto um fabricante de persiana madeira branca quanto qualquer outro tipo de negócio pode investir em marketing de guerrilha, e é justamente por isso que ele tem crescido tanto nos últimos anos.

Sua principal promessa é fazer mais com menos, ou seja, fazer uma boa divulgação da marca e suas soluções, sem que para isso seja necessário gastar muito.

Mas o que realmente faz com que seus resultados sejam expressivos é saber criar ações de sucesso. Se você comparar o marketing de guerrilha com o marketing tradicional, talvez não consiga encontrar muitas diferenças em termos técnicos.

Isso acontece porque os dois contam com anúncios para atrair a atenção das pessoas para os produtos e serviços ou para a ideia da empresa. O grande diferencial é a maior vantagem dessa prática é sua abordagem.

Quando uma pessoa está procurando por algum produto ou serviço, como aula de 7 cordas, até que encontre o que precisa, recebe uma série de informações. Isso faz com que os usuários se tornem mais seletivos em relação ao que merece seu tempo e atenção.

Quando se trata de anúncios convencionais, eles podem se transformar em distrações descartáveis e ninguém gosta de ser incomodado com mensagens inconvenientes.

Por outro lado, o marketing de guerrilha pode ser chamativo ao ponto de ser praticamente impossível ignorar.

Como resultado, uma empresa de pintura emborrachada automotiva pode criar uma impressão duradoura na mente das pessoas.

Contudo, o foco principal é provocar uma reação no consumidor, e como vantagem, essa estratégia faz com que ele reavalie suas prioridades e hábitos, métodos de trabalho e até mesmo é capaz de provocar os concorrentes de maneira direta.

Considerações finais

O marketing de guerrilha é uma estratégia diferenciada e que traz uma maneira mais direta e surpreendente de abordar o consumidor.

Ele torna a empresa marcante e promove seus produtos e serviços de modo que se tornem praticamente irresistíveis aos olhos das pessoas.

Neste artigo, foi possível conhecer um pouco mais sobre esse assunto e tudo o que essa prática pode trazer de benefícios para o seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.