28.1 C
João Pessoa
22.9 C
Campina Grande
23.5 C
Brasília

Mercado ignora maior crise militar em quase 45 anos e Bolsa sobe 1,23%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, encerrou o pregão em alta de 1,24%, a 116.849,67 pontos. O dólar caiu 0,15%, a R$ 5,7580. O turismo está a R$ 5,933. O real foi a moeda emergente que mais se valorizou no pregão desta terça.

30/03/2021 19h52

JÚLIA MOURA

Leia Também

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Os índices do mercado financeiro brasileiro não reagiram à maior crise crise militar desde 1977. Enquanto era anunciada a saída dos três comandantes das Forças Armadas por discordar do presidente da República, indicadores financeiros apontavam nesta terça-feira (30) uma redução de risco no Brasil.

Na manhã desta terça, Edson Leal Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antônio Carlos Bermudez (Aeronáutica) colocaram seus cargos à disposição do general da reserva Walter Braga Netto, novo ministro da Defesa, e reafirmaram que os militares não participarão de nenhuma aventura golpista. A pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foram demitidos.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, encerrou o pregão em alta de 1,24%, a 116.849,67 pontos. O dólar caiu 0,15%, a R$ 5,7580. O turismo está a R$ 5,933.
O real foi a moeda emergente que mais se valorizou no pregão desta terça.

Em um sinal de menor aversão a risco, os juros futuros cederam. Juros futuros são taxas de juros esperadas pelo mercado nos próximos meses e anos. São a principal referência para o custo de empréstimos que são liberados atualmente, mas cuja quitação ocorrerá no futuro.

O juro para julho 2026 foi de 8,718% na véspera para 8,53% nesta terça. A taxa para janeiro de 2033 foi de 9,44% para 9,34%.

Segundo André Perfeito, economista-chefe da Necton, a mudança nas Forças Armadas não implica grandes alterações de curto prazo, por isso o mercado não reage à notícia.

“Não dá para dizer que Bolsonaro perdeu sua influência sobre as Forças Armadas, e mesmo que tenha perdido, militar não tem voto no Congresso. O mercado está mais interessado em saber se vão ser aprovadas as reformas ou não, e aparentemente Bolsonaro se aproximou do centrão”, disse.

Para analistas, a reforma ministerial promovida pelo presidente na segunda (29), com acenos ao centrão -como ao colocar uma deputada do grupo, Flávia Arruda (PL-DF), para comandar a Secretaria de Governo- aumenta a possibilidade de aprovação de reformas, que reduziriam o déficit fiscal.

“A governabilidade sem sombra de dúvida irá melhorar”, diz Antonio Van Moorsel, sócio da Acqua Investimentos.

“O Mercado está gostando das notícias recentes de troca de ministros e não está mudando preço por conta da mudança do comando dos militares”, diz Daniel Miraglia, economista-chefe do Grupo Integral.

A interpretação de analistas é que os ativos de mercado refletiram uma melhora no desemprego e a expectativa de mudanças de Orçamento.

Fevereiro teve abertura líquida (contratações menos desligamentos) de 401,6 mil vagas, acima do registrado em janeiro e do mesmo período do ano passado, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta terça. O número veio acima do esperado. A estimativa mediana de economistas consultados pela Bloomberg era de 257,5 mil vagas.

“Eu esperava que [a saída dos três comandantes das Forças Armadas] tivesse um impacto negativo semelhante ao da Petrobras. Talvez mercado esteja com tantas notícias para absorver, que esta teve repercussão menor”, afirma Van Moorsel.

O risco-país medido pelo CDS de cinco anos, por outro lado, sobe 1,9% nesta segunda, próximo ao fechamento do mercado, indo a 231,6 pontos, maior nível desde outubro de 2020.

O CDS funciona como um termômetro informal da confiança dos investidores em relação às economias dos países, especialmente emergentes. Se o indicador sobe, é um sinal de que os investidores temem o futuro financeiro do país; se ele cai, o recado é o inverso.

Entre emergentes de perfil semelhante, o CDS do Brasil é sensivelmente superior aos de México, Colômbia, Chile e Rússia -todos entre 60 pontos-base e 134 pontos-base- e está próximo ao da África do Sul (236 pontos-base) e abaixo do CDS turco (463 pontos-base).
Nesta terça, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que o Congresso está aberto a discutir com o governo eventuais correções ao Orçamento de 2021, que foi aprovado priorizando emendas parlamentares.

O Ministério da Economia considera muito difícil Bolsonaro sancionar o Orçamento com o formato aprovado pelo Congresso, sob risco de o governo cometer crime de responsabilidade ao assinar o texto.

“O cenário político está no momento mais delicado deste governo. Mais danças de cadeiras nos ministérios podem acontecer se não conseguirem abrigar todas as emendas e atender os interesses políticos do centrão”, diz Camila Abdelmalack, economista-chefe da Veedha.
Ela também aponta as declarações do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, nesta terça como positivas para os ativos.

Em evento, ele reiterou que o Copom (Comitê de Política Monetária do BC) elevou a taxa básica de juros (Selic) em ritmo mais rápido que o esperado pelo mercado por entender que, com o movimento transitório de inflação em alta, dessa forma poderia entregar um orçamento menor de juros. Contudo, ele alertou que um fiscal descontrolado reduz a eficiência da política monetária.

Campos Neto comentou que, em conversas com outros banqueiros centrais nos últimos meses, percebeu leniência com a inflação, que antes do “reflation trade” parecia um problema distante. O chefe do BC disse que o Brasil, à sua maneira, importou o conceito de que a inflação estava “morta”, mesmo num período de fiscal doméstico ainda preocupante.

O “reflation trade” é um fenômeno que ocorre quando investidores adotam estratégias voltadas a ativos que tendem a se valorizar em tempos de maior inflação na esteira de recuperação de crises.

“No caso do Brasil, com a nossa história, memória inflacionária recente, nós deveríamos mostrar um cuidado especial. O BC está muito atento à inflação, sempre com muita transparência.”

Do lado fiscal, o presidente do BC citou que o Brasil só não é mais endividado entre países em desenvolvimento do que Angola e Líbia.”É muito difícil você segurar o monetário quando o fiscal está descontrolado”, afirmou.

“Precisamos ter um pano de consolidação fiscal. Sempre digo que, nesse sentido, o BC não é o piloto, é o passageiro. Se a gente não conseguir achar equilíbrio fiscal, o lado monetário fica bem menos eficiente.”

Para analistas, Campos Neto passou a mensagem de que o ciclo de alta de juros será mais ameno.

Participantes do mercado também dizem perceber que o ritmo de vacinação da população tem ganhado corpo, o que explica o forte desempenho de papéis de aéreas, shopping centers na sessão. Cerca de 10,1% da população adulta foi vacinada com a primeira dose no Brasil.

A maior alta do Ibovespa foi da Embraer, que disparou 9,3%. Gol avançou 8,56% e Azul, 6,94%. No mesmo grupo duramente afetado pela pandemia de Covid-19, CVC Brasil subiu 5,57%.

Já a EzTec avançou 6,48%, em dia de reação do setor imobiliário, com a queda nos juros futuros. Além disso, o JPMorgan elevou a recomendação para a ação e afirmou que permanece otimista com as construtoras, apesar da falta de gatilhos no curto prazo.

Lojas Renner subiu 5,86%, também na esteira do sentimento melhor em relação à reabertura da economia, o que ajudou a puxar o índice de consumo, que fechou em alta de 2,25%. Da mesma forma, shopping centers tiveram fortes altas -a Multiplan avançou 5,61%.Banco do Brasil subiu 3,09%, puxando o desempenho dos grandes bancos. Bradesco teve alta de 1,67%, e Itaú, de 1,64%. BTG Pactual subiu 5,82%.

Nos Estados Unidos, os principais índices acionários tiveram ligeira queda, com investidores vendendo ações relacionadas à tecnologia após um aumento nos rendimentos do Tesouro dos EUA.

O rendimento do título dos EUA de dez anos atingiu 1,776% no início da terça, mas perdeu força para 1,717% no final desta tarde em Nova York.O índice Dow Jones caiu 0,31%, o S&P 500 teve queda de 0,32%, e o Nasdaq Composite recuou 0,11%.

Na Zona do Euro, indicadores de confiança e de expectativa vieram melhor do que o esperado para março e o índice Stoxx Europe 600, que reúne as maiores empresas da região, subiu 0,71%.

Com a reabertura do Canal de Suez, os preços do petróleo recuaram nesta terça. O Brent (referência internacional) fechou em queda 1,3%, a US$ 64,14 por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) recuou 1,6%, para US$ 60,55 o barril.

“Os ganhos que se acumularam durante o bloqueio de Suez tiveram vida curta, como esperado, e agora estão sendo devolvidos com o retorno gradual do tráfego normal”, disse Louise Dickson, analista de mercados de petróleo da Rystad Energy.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

ENQUETE F5: Se as eleições fossem hoje Pedro Cunha Lima seria o novo governador da Paraíba

O programa F5 da Rádio POP FM realizou uma enquete com os ouvintes e expectadores que acompanharam a transmissão...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

Palco desaba e deixa formandos de medicina feridos na Grande João Pessoa

Duas  pessoas  foram socorridas com traumatismo craniano encefálico (TCE) após parte da estrutura de um palco desabar, no final da tarde deste sábado (21),...

15 possíveis temas de redação para o Enem 2022

O Portal Nacional da Educação divulgou uma lista com os possíveis temas de redação para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem),...

Polícial Rodoviária Federal morre em Cabedelo

A policial rodoviária federal Renata Maia Pimenta, de 42 anos, morreu na noite desta sexta-feira (20) no prédio onde morava em Cabedelo. A informação...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#