João Pessoa 29.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 33.18ºC
IBOVESPA 119758.48
Euro 5.8023
Dólar 5.4054
Peso 0.006
Yuan 0.7451
Mercado imobiliário paraibano seguirá aquecido em 2023
02/01/2023 / 10:42
Compartilhe:

O aquecimento verificado nos últimos cinco anos no mercado imobiliário da Paraíba estará ainda mais fortalecido a partir de 2023 e o estado continuará sendo a “bola da vez” no Nordeste, atraindo clientes de todo o Brasil assim como novos investidores.

Esse é o resumo do pulso do setor sentido pela Plano 83 Consultoria Imobiliária, liderada pelo empresário Glauco Morais. Segundo ele, vários fatores convergiram para tornar a Paraíba atraente e promissora nos próximos anos, sendo o turismo o grande catalisador desse movimento em função dos atrativos naturais, qualidade de vida, hospitalidade e localização geográfica do estado no centro do Nordeste.

Morais explica que esse estímulo ao desenvolvimento turístico tem gerado um ciclo virtuoso e, como exemplo, cita o crescimento de empreendimentos de apartamentos compactos que vieram suprir a carência de leitos de hotéis, em um primeiro momento. Esse nicho, segundo ele, continuará atraindo compradores, locais e de outros estados, seja para rentabilizar o investimento, seja para usufruir de forma eventual ou até mesmo para planos de futura moradia. Nesse sentido, destaca o empresário, a cidade de João Pessoa já está sendo considerada “a” capital múltipla e diversa, atraindo o público 50+, aposentados, nômades digitais ou simplesmente pessoas que buscam uma alternativa de moradia com mais qualidade de vida, sem abrir mão de toda infraestrutura que uma cidade grande oferece.

No entanto, a análise de Glauco Morais sobre o mercado imobiliário da Paraíba vai além. Para ele, nos últimos cinco anos o mercado local cresceu organicamente, acompanhando a própria evolução do estado que tem atraído e fomentado o setor de eventos, incubadoras de startups, franquias nacionais com marcas de peso etc.

Outro ponto muito positivo, de acordo com Morais, é a profissionalização cada vez mais transformadora das incorporadoras que atuam no estado. Além de projetos arquitetônicos inovadores, o mercado paraibano oferece uma particularidade que resume tudo que um comprador espera na hora de realizar o sonho da compra de um imóvel: segurança. O crescimento orgânico do nosso mercado, revela Glauco Morais, protege o cliente que tem a certeza de lidar com empresas com lastros e históricos positivos de qualidade e entrega.

De olho nesse cenário, Morais relata os planos da sua consultoria imobiliária para o próximo ano. “Estamos trabalhando para ampliar as parcerias com incorporadoras, arquitetos e também com os corretores, peças fundamentais desse setor”, diz Morais que aumentará o investimento em treinamento e qualificação das equipes, assim como suporte para vendas e jurídico. No entanto, Glauco Morais revela que está saindo do forno um projeto transformador e disruptivo que oferecerá ao mercado um modelo comercial que otimiza ainda mais as relações com todos os stakeholders do setor, tendo, claro, o cliente como foco principal, tornando a experiência única e inovadora. O projeto, ainda em piloto, reunirá inteligência artificial, marketing, jurídico entre outros aspectos e particularidades do mercado imobiliário e permitirá integrar todas as pontas, da escolha do terreno e conceituação do empreendimento até o pós-venda, ou seja, toda a jornada. “Vamos surpreender positivamente o mercado”, diz Glauco Morais.

Mas não é só João Pessoa que está em destaque na Paraíba. De acordo com Pedro Morais, sócio e coordenador da equipe da Plano 83, a cidade de Bananeiras, no Brejo paraibano, assim como Patos, considerada a capital do sertão da Paraíba, estão na rota do crescimento imobiliário do estado. Segundo Pedro Morais, cada cidade à sua maneira, têm experimentado uma evolução no mercado imobiliário e essa tendência permanecerá em 2023.

Em Bananeiras, adianta Pedro Morais, a Plano 83 fará a gestão de três empreendimentos voltados para o lazer e qualidade de vida: um condomínio de lotes com grande potencial de valorização, um condomínio de chalés e ainda um condomínio de flats de alto padrão com solução de gestão de locação como conceito.

Já a cidade de Patos vem registrando um crescimento econômico que tem dois vetores importantes: a base sólida na área educacional com a presença do Centro Universitário de Patos (UNIFIP) e que é uma referência nacional, e o impulso pujante da indústria de energia limpa com a instalação de parques de energia eólica e usinas fotovoltaicas. De acordo com Pedro Morais, a Plano 83 também fará a gestão de três empreendimentos no município, sendo um em hotelaria, outro em mall e o terceiro de espaços para a classe médica da região.

Por último, os empresários e sócios Glauco e Pedro Morais, ressaltam que há desafios a vencer, embora o cenário seja otimista. Segundo eles, para manter o leme na direção de bons resultados para toda a cadeia do setor imobiliário é necessário continuar investindo em profissionalização, manter relações éticas e respeitosas com os parceiros e oferecer segurança jurídica para todos os envolvidos, principalmente para os compradores. Assim, finalizaram, é possível que 2023 seja um ano muito especial para o mercado imobiliário da Paraíba.