23.1 C
João Pessoa
20.9 C
Campina Grande
12.5 C
Brasília

Mês da Mulher: Assembleia aprova uso de tornozeleira eletrônica para acusados de violência doméstica

Dentre as matérias aprovadas durante a sessão consta também o PL 632/2019, que inclui a “Campanha Não é Não” no Calendário Oficial de Eventos do Estado da Paraíba.

Em alusão ao mês da mulher, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou nesta terça-feira (23), durante sessão remota realizada através do sistema de videoconferência, projeto de Lei que determina o uso de tornozeleira eletrônica para acusados de violência contra a mulher. Em defesa dos direitos das paraibanas, os deputados também incluíram no calendário do estado a Campanha Não é Não.

O Projeto de Lei 687/2019, da deputada Camila Toscano, estabelece que, nos casos em que o agressor esteja cumprindo Medidas Protetivas, sob acusação de violência doméstica e familiar, seja monitorado eletronicamente. Segundo o texto, o monitoramento servirá como fiscalização efetiva da medida de afastamento das vítimas, assim como das testemunhas.

Leia Também

“O monitoramento eletrônico é uma alternativa auxiliar para medidas protetivas estabelecidas na Lei Maria da Penha. O uso da tornozeleira é necessário para fiscalizar eventuais passos do monitorado, protegendo às vítimas”, justificou a deputada.

Dentre as matérias aprovadas durante a sessão consta também o PL 632/2019, que inclui a “Campanha Não é Não” no Calendário Oficial de Eventos do Estado da Paraíba. Implementada no Estado pelo Ministério Público Estadual (MPPB), em parceria com Comissão de Direitos da Mulher da ALPB, a campanha tem como foco denunciar crimes de importunação sexual e violência doméstica.

COVID-19

Visando manter protocolos contra a disseminação do novo coronavírus para a reabertura das escolas, a ALPB aprovou também o PL 1854/2020, da deputada Cida Ramos, que determina que as unidades de ensino deverão apresentar um Plano de Retomada das aulas presenciais. A matéria solicita que o espaço escolar seja adaptado às novas demandas sanitárias decorrentes da pandemia da covid-19, garantindo o distanciamento entre os alunos em salas de aula, refeitórios e espaços comuns, além da utilização de máscara por alunos e profissionais.

O PL 1855/2020, também aprovado pela Assembleia, torna obrigatória realização de testes diagnósticos da covid-19 aos professores e funcionários das unidades de ensino públicas e privadas antes do retorno às atividades presenciais. O projeto elaborado pelo deputado Chió esclarece que aplicação dos testes RT-PCR serão regulamentados pela secretaria estadual da Saúde, de forma conjunta com o secretário de Educação. “Com objetivo de resguardar professores, alunos, funcionários e todas as pessoas que contribuem e são responsáveis pelo funcionamento das instituições, são necessárias medidas de prevenção para conter os riscos de transmissão dessa infecção”, justificou Chió.

A sessão, realizada de forma remota através de videoconferência, aprovou mais de 280 matérias.

Medidas econômicas

Durante o Pequeno Expediente da Sessão Ordinária desta terça, os deputados debateram os benefícios pacote econômico anunciado pelo governador João Azevêdo voltado para bares e restaurantes, que será publicado nesta quarta (24), com a isenção do pagamento de ICMS e a suspensão do pagamento dos parcelamentos administrativos de débitos tributários estaduais.

“Serão 117 mil de empresários beneficiados e, junto a isso, muitos funcionários também, que não perderão seus empregos. Essas medidas vão além das ações de saúde, primordiais para o combate. Isso mostra que nós estamos abertos a debates e, mais do que isso, nós comprovamos que estamos trabalhando junto ao Poder Executivo, em prol da população”, comemorou o deputado Wilson Filho, que foi complementado por Raniery Paulino: “Essas medidas beneficiam muito os empresários de bares e restaurantes, um dos mais impactados nessa pandemia”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Polícial Rodoviária Federal morre em Cabedelo

A policial rodoviária federal Renata Maia Pimenta, de 42 anos, morreu na noite desta sexta-feira (20) no prédio onde...

Palco desaba e deixa formandos de medicina feridos na Grande João Pessoa

Duas  pessoas  foram socorridas com traumatismo craniano encefálico (TCE) após parte da estrutura de um palco desabar, no final da tarde deste sábado (21),...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

15 possíveis temas de redação para o Enem 2022

O Portal Nacional da Educação divulgou uma lista com os possíveis temas de redação para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem),...

VÍDEOS: Troca de tiros é registrada durante sepultamento de líder de organização criminosa

Uma intensa troca de tiros foi registrada na manhã desta segunda-feira, dia 23, durante o sepultamento do traficante conhecido como "Cara de Chinelo", líder...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#