João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 21.11ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.7331
Dólar 5.4201
Peso 0.0059
Yuan 0.7471
Ministra das Mulheres, marisqueiras e pescadoras paraibanas se reúnem no UNIESP para diálogo transformador
25/04/2024 / 17:49
Compartilhe:
Nesta sexta-feira (26), o Centro Universitário UNIESP será sede de um encontro de potencial transformador entre a Ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, e marisqueiras e pescadoras, focado na escuta ativa e na discussão de políticas que atendam às necessidades dessas profissionais, essenciais para a economia e autonomia financeira feminina na região

Um encontro significativo acontecerá amanhã, 26, no Centro Universitário UNIESP, reunindo a Ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, marisqueiras e pescadoras dos municípios de Cabedelo, Pitimbu, Bayeux e Santa Rita. O evento também contará com a presença da Secretária Nacional de Aquicultura (MPA), Tereza Nelma, e da Secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura. O objetivo é oferecer um espaço de escuta e diálogos ativos sobre políticas transversais que atendam às necessidades dessas profissionais, vitais para a economia local e a independência financeira feminina desses municípios.

A pesca e a mariscagem, além de fornecer sustento diretamente para essas mulheres e suas famílias, também favorece significativamente a cultura e a gastronomia de toda região, reforçando a identidade e a tradição de suas comunidades, tornando-as peças-chave para o desenvolvimento sustentável.

A escolha do Centro Universitário UNIESP como sede para um evento de tamanha relevância não é coincidência. Com uma infraestrutura de ponta, o UNIESP se destaca como um local ideal para a realização de eventos desse porte, seja nacional ou internacional.

O Auditório Master, localizado no bloco central da UNIESP, com 350 assentos em formato anfiteatro, garante que todos os presentes tenham uma visão desobstruída do palco, o que é essencial para a dinâmica de um encontro que busca a escuta e o diálogo. Os assentos, fixos e com estofamento, oferecem conforto aos participantes, enquanto o palco elevado facilita a visibilidade e a interação com o público.

Além disso, a acústica cuidadosamente planejada assegura que o som seja claro e audível em todo o ambiente, complementada por um sistema de iluminação ajustável e tecnologia audiovisual de alta qualidade, permitindo desde projeções até transmissões ao vivo do evento. O local já recebeu diversas palestras, workshops, congressos e outras atividades tanto do UNIESP quanto do público externo. Vale lembrar que o Centro Universitário tem rede própria de wifi.

A acessibilidade é outra prioridade no UNIESP, com instalações que acolhem pessoas com mobilidade reduzida, incluindo rampas e assentos reservados, garantindo que ninguém fique de fora. Os serviços auxiliares, como banheiros e espaços para vestiários, somam-se à experiência no espaço.

Este encontro amanhã é uma oportunidade única para as mulheres das águas compartilharem suas experiências e desafios, e para a sociedade reconhecer e agir no sentido de valorizar e apoiar essas atividades essenciais. O UNIESP se orgulha de ser palco de um evento tão relevante, reafirmando seu papel como um espaço de diálogo, cultura e inclusão.