João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 21.43ºC
IBOVESPA 127108.22
Euro 5.8968
Dólar 5.4177
Peso 0.006
Yuan 0.7446
Ministro diz que comunicação foi principal erro do governo em 2023
30/12/2023 / 12:07
Compartilhe:

O ministro da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República), Paulo Pimenta, disse nesta 6ª feira (29.dez.2023) que o principal erro do governo Lula este ano foi na sua área. Em entrevista à GloboNews, Pimenta falou que o governo federal não dispõe atualmente de um contrato “para trabalhar o digital”, algo que “qualquer prefeitura e governo de Estado tem”.

“Vamos procurar no ano que vem regionalizar mais a comunicação, vamos procurar estar mais presentes também no interior, vamos melhorar a utilização das redes sociais e outras tecnologias”, declarou. O ministro também comentou que está realizando uma licitação para serviços de comunicação digital, área na qual o governo é frequentemente criticado por não dominar o uso das redes sociais.

Segundo Pimenta, isso dará à Secom mais eficiência para fazer uma “comunicação segmentada”. “Você pode ter uma campanha do governo com 27 formatos, que chegue perto da comunidade, que o povo brasileiro se enxergue nas ações do governo”, disse.

Além disso, o ministro afirmou que o combate à desinformação “deve ser um dos temas centrais do desafio legislativo do 1º semestre” de 2024, mas não entrou em detalhes sobre as estratégias que o governo adotará nesse sentido. De acordo com ele, a falta de regulamentação do ambiente digital é um desafio para todas as democracias consolidadas e seu objetivo é “encontrar um ponto de equilíbrio entre liberdade de expressão e regulação”.

Pimenta também falou sobre as recentes campanhas que enfatizaram o lema do governo: “União e reconstrução”. Segundo ele, a ideia foi levar uma mensagem de que é preciso “virar a página” da polarização. “Ela tem o objetivo de dialogar com toda a sociedade. Com quem votou no Lula, com quem não votou e com quem não participou da eleição”, declarou.

Com Poder 360