João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 19.62ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.7331
Dólar 5.4201
Peso 0.006
Yuan 0.747
Morre o desembargador paraibano Antônio de Pádua Montenegro
30/12/2022 / 15:49
Compartilhe:

Morreu, nesta sexta-feira (30), o desembargador paraibano Antônio de Pádua Montenegro. Ele tinha 83 anos e estava aposentado do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) desde 17 de outubro de 2009, após despedida em sessão solene realizada três dias antes.

Perfil

Antônio de Pádua Lima Montenegro nasceu em Cuité-PB, no dia 18 de outubro de 1939. Ele é filho de João Bezerra Montenegro e de Celina de Lima Montenegro. Cursou o primário no Grupo Escolar Vidal de Negreiros na terra natal. O magistrado cursou o ginasial do Seminário Arquidiocesano da Paraíba e colegial no Liceu Paraibano. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Paraíba, formando-se no dia 18 de dezembro de 1965.

Foi funcionário público federal concursado, tendo servido nos Correios e Telégrafos e na UFPB, entre os anos de 1962 e 1967. Ingressou na Magistratura paraibana em 1967, depois de aprovado em concurso público. Foi Juiz Titular das Comarcas de Conceição e Serra Branca, Sousa, Picuí, Areia e juiz substituto das comarcas de São João do Cariri, Monteiro, Cuité, Esperança e Pirpirituba e juiz substituto da 6ª Vara Cível de Campina Grande e das 5ª e 2ª Varas Cíveis da Capital.

O desembargador Pádua foi promovido, por merecimento, a desembargador, tomando posse a 26/06/1996. Presidiu a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, 1998 e foi vice-presidente do TJ-PB, durante o biênio 1999/2000, como também diretor da Esma de 1999 a 2003.