29.8 C
João Pessoa

Motorista de app é detido após suspeita de furto de biquínis em JP

A vítima solicitou pelo aplicativo para que o motorista levasse a mercadoria para outro local, mas as peças de biquínis não chegaram ao destinatário

Na tarde desta quarta-feira (24), uma mulher chegou na Central de Polícia Civil no Bairro do Geisel desesperada, ela contou aos policiais que tinha sido furtada após pedir através de um aplicativo uma entrega do do material dela, mas o motorista acabo não chegando ao destino.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas começaram a investigar o motorista que foi localizado toda mercadoria foi recuperada.

Leia Também

O delegado titular da DRFVC, Carlos Otton, contou ao F5 online que a Polícia agora vai investigar o caso e um inquérito policial será instaurado. “A mercadoria foi entregue a proprietária e vamos instaurar um inquérito através de portaria, onde vamos conseguir esclarecer todos os viés de fato e responsabilizar criminalmente caso seja uma situação qeu se exija ao final do inquérito” Finalizou.

Confira o vídeo:

 

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

PSDB decide adiar votação das prévias

O PSDB decidiu suspender a realização das prévias presidenciais neste domingo, em consequência de falhas no aplicativo pelo qual...

DIA DO HETERO: Foi aprovado na ALPB, o Dia Estadual do Orgulho Heterossexual na PB

Foi aprovado por unanimidade na sessão desta segunda-feira (22), o projeto de lei 3.324/2021 que cria o Dia Estadual do Orgulho Heterossexual no âmbito do Estado da Paraíba....

150 VAGAS: Concurso para UFPB é anunciado para 2022

O anúncio aconteceu durante uma live realizada pelo reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Valdiney Gouveia, anunciou nesta terça-feira (23) que serão ofertadas pelo...

Acidente no Manaíra Shopping deixa dois mortos

Segundo as primeiras informações do IML o condomínio do shopping realizava um serviço de relocação de uma casa de máquinas de ar-condicionados quando ocorreu o acidente que vitimou Luciano Bezerra (53) e Euclídes Silva (61). O delegado Alberto Jorge plantonista na Central de Polícia esteve no local acompanhando a perícia do IML e a remoção dos corpos.

Italiano cai em golpe e passa 15 anos achando que namorava a modelo Alessandra Ambrosio

Durante o período, Roberto Cazzaniga entregou 700 mil euros (R$ 4,3 milhões) para a estelionatária, que pedia ajuda financeira para custear tratamentos de supostos problemas cardíacos. "Tenho tantas dívidas, não é fácil 'acordar do coma'", disse Roberto, aos prantos. De acordo com o portal "Il Fatto Quotidiano", Roberto chegou a fazer empréstimos para enviar o dinheiro pedido pela namorada falsa. A verdade foi revelada nesta terça-feira por um programa televisivo da "Mediaset", que reuniu provas de que o homem estava sendo enganado mediante pedidos da família do atleta, que estava preocupada com ele e desconfiada da namorada virtual. 
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#