24.1 C
João Pessoa
21.9 C
Campina Grande
18.5 C
Brasília

Mulher cria 22 mutações do coronavírus em sete meses

Caso foi relatado por uma virologista da Áustria, onde a paciente foi acompanhada

Uma mulher de 60 anos passou mais de sete meses com teste positivo de Covid-19 e, durante o período, produziu 22 mutações do coronavírus Sars-CoV-2. O caso foi relatado por uma virologista da Áustria, onde a paciente foi acompanhada.

A idosa, infectada no fim de 2020, tomava medicamentos imunossupressores para tratar uma recaída de linfoma antes da Covid-19. Durante o contágio, ela apresentou sintomas relativamente leves da doença, como tosse e cansaço.

Leia Também

Na instalação de microbiologia em Ausservillgraten, a pesquisadora e seus colegas analisaram mais de 24 amostras virais da moradora. As mutações observadas em metade delas também foram detectadas posteriormente na variante Ômicron, que emergiu no fim de 2021.

“Quando a Ômicron foi encontrada, tivemos um grande momento de surpresa”, disse Sissy Therese Sonnleitner à revista Nature. E acrescentou: “Já tínhamos essas mutações em nossa variante”.

Essa variante não surgiu por meio da infecção da mulher, que, segundo a virologista, parece não ter transmitido para ninguém. Porém, mesmo que ainda não seja completamente comprovado, infecções crônicas — como a da paciente — são as principais candidatas às origens da Ômicron e de outras variantes que impulsionaram as ondas de Covid-19 globalmente.

“Acho que não pode haver dúvida na mente de ninguém de que essas [infecções longas] são uma fonte de novas variantes”, acrescentou Ravindra Gupta, virologista da Universidade de Cambridge, à Nature.

Com informações do R7

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

ENQUETE F5: Se as eleições fossem hoje Pedro Cunha Lima seria o novo governador da Paraíba

O programa F5 da Rádio POP FM realizou uma enquete com os ouvintes e expectadores que acompanharam a transmissão...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

DO SERTÃO AO LITORAL: A agenda de shows do São João 2022 nos municípios da Paraíba

Depois de dois anos sem os grandes eventos públicos de São João, a Paraíba se prepara para dançar muito forró e reunir gente de...

Inscrições para o SiSU 2022.2 começam nesta terça-feira (28); Paraíba tem mais de 4,9 mil vagas

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), referente ao segundo semestre de 2022, começam às 0h desta terça-feira (28) e seguem até...

VÍDEO: Influencer morre após cair de prédio com mais de 180 metros em João Pessoa

Uma mulher morreu após cair do prédio Tour Geneve na tarde desta terça-feira (7), em João Pessoa. O caso foi registrado no bairro Altiplano. O...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#