João Pessoa 30.13ºC
Campina Grande 28.9ºC
Patos 34.4ºC
IBOVESPA 124305.57
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
Na Rede ITA, Pedro diz que vai criar maternidade estadual em Campina Grande e fortalecer o São João
19/10/2022 / 05:49
Compartilhe:

O deputado federal e candidato ao governo da Paraíba, Pedro Cunha Lima (PSDB) participou na noite desta terça-feira (18.10) de debate eleitoral promovido pela Rede ITA, em Campina Grande. Na ocasião, o candidato assumiu o compromisso de se eleito, colocar a cidade no mapa administrativo do Estado, firmando convênios para o desenvolvimento da Rainha da Borborema.

“Pergunto a João o que ele fez no Aluízio Campos, um dos mais importantes complexos habitacionais do país, e ele não consegue responder. A razão é simples: não fez nada. Ali tem três creches, duas escolas, todas construídas pela prefeitura. Nenhum é equipamento do Estado. Até a obra da adutora para levar água até o Aluízio foi realizada pela prefeitura. Isso é perseguição e desrespeito com Campina. Não aceitamos isso. Vamos resgatar uma postura e voltar a respeitar nossa cidade trabalhando como ela merece”, disse Pedro.

Entre os compromissos assumidos por Pedro, está a criação de uma maternidade estadual em Campina Grande, desafogando o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA). Pedro também prometeu fortalecer o São João da Rainha da Borborema, que, segundo ele, não recebe investimentos por parte da administração estadual.

“O atual governador não investiu 1 real em publicidade para vender o Maior São João do Mundo, no país ou fora do país. Vamos mudar essa postura, vender nosso São João e tudo aquilo que a gente tem de melhor para atrair os turistas em toda a Paraíba. A gente não quer que o governo sirva só a Campina, queremos que trabalhe por toda a Paraíba, inclusive por Campina. A partir do ano que vem o Governo do Estado vai trabalhar com todos os municípios, independente do alinhamento político do prefeito, teremos um governador que trabalha de verdade para fazer a Paraíba crescer e desenvolver”.