João Pessoa 26.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 30.43ºC
IBOVESPA 124571.13
Euro 5.5905
Dólar 5.2684
Peso 0.0061
Yuan 0.7279
‘Não era chacota’, diz Ivo Cassol após gravar vídeo em que usa solda elétrica para ‘tratar’ Covid-19
29/03/2021 / 12:49
Compartilhe:

O ex-governador de Rondônia, Ivo Cassol, usou sua conta no instagram na última quinta-feira (25) para se manifestar sobre o vídeo viralizado em que aparecia usando uma solda elétrica em um amigo como suposto tratamento para a Covid-19.

“Eu fiz de coração, em nenhum momento fiz pra chacota. Eu sei que a nível nacional muitos levaram para gozação, mas não é, gente. A coisa é séria. Tenho muitos amigos e muitas amigas morrendo de coronavírus e ao mesmo tempo os nossos hospitais lotados. O que nós pudermos fazer para melhorar, com certeza vai ser bem para o próximo. E eu tô fazendo, porque a próxima vítima pode ser eu mesmo ou a minha família, então portanto as pessoas que estão chorando hoje, para buscar uma opção. Mesmo que pareça impossível, para Deus não é”, disse em vídeo publicado no perfil da rede social. Confira a publicação abaixo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Na gravação que repercutiu na terça-feira (23), Ivo aparece manuseando uma máquina de solda próximo de um amigo que havia testado positivo para a Covid-19. De acordo com o também ex-senador, a claridade/luz emitida pela solda contribuiria no tratamento do coronavírus.

“Aqueles que estão falando que a solda cura, não, a solda não cura. Primeiro que eu não sou médico, não sou cientista, mas eu quero deixar claro que a solda, no meu ponto de vista, aquela claridade dela pode, de repente, transmitir vitamina D [ao corpo] ou a claridade em si, e ela de repente mata o coronavírus. Portanto vai depender dos pesquisadores daí pra frente”, disse em entrevista ao site G1 logo após as imagens ganharam repercussão na web.

Confira abaixo o vídeo onde o ex-governador de Rondônia e ex-senador utiliza uma solda elétrica em um amigo como tentativa de tratamento para a Covid:

Perigo à saúde

Segundo o médico Rodrigo Almeida, comentarista da Rede Amazônica, o calor e a claridade emitida pela solda elétrica pode causar danos ao corpo humano.

“Solda queima os olhos, dá problemas pulmonares, por causa do vapor/fumaça”, alerta o profissional.

De acordo com Rodrigo, é comum surgirem nas redes sociais supostas curas que parecem milagrosas, mas que de fato não mostram nenhum resultado no combate à Covid-19.