25.1 C
João Pessoa
23.9 C
Campina Grande
9.5 C
Brasília

Netflix tira obras do ar após censura dos governos da Turquia e de Singapura

Filmes e séries que abordavam uso de drogas e criticavam autoridades motivaram exigências

02/04/2021 17h37

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Netflix removeu de sua plataforma, no ano passado, conteúdos que foram alvos de censura dos governos da Turquia e de Singapura por diferentes motivos, de acordo com um relatório divulgado pelo próprio gigante do streaming nesta semana.

Leia Também

Na Turquia, deixaram de estar disponíveis o controverso filme francês “Lindinhas”, que gerou debates fervorosos em todo o mundo, inclusive no Brasil, por supostamente hipersexualizar menores de idade, e um episódio da segunda temporada da série “Designated Survivor”.

O capítulo em questão mostrava o presidente do país exigindo a extradição de um líder da oposição. Mesmo sendo uma obra de ficção, a trama irritou as autoridades por suas semelhanças com situações da vida real. Também no ano passado, a Netflix chegou a cancelar uma série original turca depois que o governo ordenou que um personagem gay fosse tirado do roteiro.

Já a situação em Singapura diz respeito à política de tolerância zero do país para o consumo de drogas. Dois títulos que falavam sobre substâncias ilícitas, “Receita da Boa”, reality em que chefs competem criando receitas com marijuana, e “Maior Viagem: Uma Aventura Psicodélica”, filme em que celebridades falam sobre suas experiências com drogas alucinógenas.

De 13 obras da Netflix que precisaram ser removidas da plataforma em diferentes territórios desde o lançamento do serviço, sete foram em Singapura, quase sempre por causa de cenas sobre consumo de drogas.

A Netflix se comprometeu, recentemente, a revelar anualmente, por meio de um relatório, títulos que precisaram ser retiradas do streaming por causa de demandas governamentais.

A política da empresa é de acatar às ordens das autoridades locais quanto ao conteúdo que disponibiliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

15 possíveis temas de redação para o Enem 2022

O Portal Nacional da Educação divulgou uma lista com os possíveis temas de redação para as provas do Exame...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

Vídeo: Presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande chama fiéis de “lixo”

Mulheres cristãs que usam brinco e calças apertadas são um "lixo", pelo menos na visão do pastor e presidente da Assembleia de Deus em...

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

Pastor da primeira-dama Michelle Bolsonaro declara apoio a Sérgio Queiroz

O pré-candidato ao Senado pelo PRTB, Sérgio Queiroz, recebeu mais um apoio nacional. O pastor da primeira dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, Josué Valandro...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#